sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Heróis de Elgalor em D&D 5

Uma nova história começa...
Saudações, nobres aventureiros!

Em meados de 2014, comecei uma campanha de D&D 5 no mundo de Elgalor, e a mesma durou cerca de 16 meses, levando os heróis aventureiros do 1º ao 10º nível. A campanha envolveu o retorno de uma poderosa ordem necromântica chamada Cabala Sombria (que descreverei em pergaminhos futuros) e a guerra entre o reino humano de Sylesia e o reino dos Altos Elfos de Sindhar, guerra ocorrida por conta do controle que um dos lideres da Cabala Sombria exerceu sobre o rei Cadmus de Sylesia. A formação original do grupo mudou ao longo da campanha mas estes novos heróis de Elgalor eram: A monja humana Séfora, o meio-orc caçador de necromantes Boror, o halfling feiticeiro Berto, o guerreiro humano Atlas, o guerreiro anão Beornson, o mago elfo Quarion.e o clérigo humano Athelstan.

Para celebrar a nova edição e dar mais importância a estes personagens (evitando que eles ficassem à sombra de outros grandes heróis como Astreya, Oyama e Aramil), uma vez resolvida a situação da guerra entre reinos, conduzi a campanha até um novo continente chamado Eglarast, que, em resumo, era parcialmente isolado do restante do mundo por uma poderosa barreira mística e que só podia ser acessado por meios muito específicos e complexos. Este continente era lar de criaturas incomuns, como draconatos, genasi, aasimars e tieflings, e foi palco de uma guerra estrondosa na qual os personagens aventureiros, se consagraram como heróis lendários.

Contudo, os “Sete Heróis” de Eglarast não tinham mais como retornar a seus lares originais após a batalha apocalíptica contra o mestre da Cabala Sombria, e precisaram refazer suas vidas naquela nova terra, da melhor forma que puderam. Lá, eles enfrentaram mais uma grande guerra poucos anos depois, a Guerra do Sangue, e, novamente, saíram triunfantes, inspirando uma nova geração de heróis. Com o tempo, pretendo escrever em detalhe a história dos Sete Heróis, mas por hora, falemos sobre seu legado: Em 2016, uma nova campanha começou situada Sete anos após o término da anterior, e direta ou indiretamente inspirados pelos grandes feitos dos Sete Heróis, uma nova geração de heróis se ergueu:

LILY PRIMROSE (Ladina Halfling, Caótico Boa): Lily era uma halfling agitada e “problemática” que vivia à sombra de sua irmã, a bondosa e respeitada clériga Kendra, no condado de Boldolan. Amiga do halfling Boris, ela ansiava por aventuras como as dos Sete Heróis, mas nunca havia tido a oportunidade de se lançar em uma. Quando sua irmã Kendra recebeu uma carta de um dos Sete Heróis pedindo ajuda, Lily interceptou a carta e secretamente, foi no lugar da irmã, na intenção de se apresentar como a “clériga de Boldolan”. No meio do caminho, Lily encontrou os resquícios de uma batalha entre templários e necromantes, e apesar de todos estarem mortos, ela vasculhou o local e encontrou uma caixa, com um misterioso cristal azulado. Pegando o item como "lembrança", seguiu em frente, determinada a ser uma grande heroína. Infelizmente, sua farsa foi descoberta rapidamente, mas por conta de eventos emergenciais, a halfing acabou entrando no grupo recém formado e tem provado a cada missão que, apesar de completamente diferente de sua irmã, tem grande valor.

LUDOVIC (Bardo Genasi do Ar, Neutro Bom): Ludovic é um bardo da Tribo do Vento que aprendeu muito de seu ofício incentivado pelos feitos dos Sete Heróis. Viajando pelos quatro cantos de Eglarast, colheu histórias sobre eles e inspirava diversos camponeses a seguir seus exemplos de coragem, valor e abnegação. Assim como a irmã de Lily, ele também recebeu uma carta para fazer parte de um misterioso novo grupo que cumpriria um misteriosa missão a pedido dos heróis. Hábil com a espada e com a oratória, Ludovic é capaz de quebrar encantos e elevar o ânimo de seus companheiros independente do perigo ou terror que enfrentem.

DEVON (Ranger Humano, Neutro e Bom): Devon é um ranger que aperfeiçoou suas habilidades treinando com mestres de diversas raças, e por conta disso, conhece as áreas selvagens de Eglarast como poucos. Tendo sua vila destroçada por um ataque de demônios durante a Guerra do Sangue, ele assumiu o compromisso de viajar pelo ermo protegendo pequenas comunidades e evitando, assim, que sofressem o mesmo destino que a sua. Durante anos, Devon viajou sozinho, contando apenas com sua habilidade, seu arco, sua espada e seu leal lobo Gelo. Quando recebeu a carta de um dos Sete Heróis, prontamente atendeu ao chamado, pois sabia que algo grande estava para acontecer. 


RODRICK (Bruxo Humano, Caótico Neutro): Rodrick nunca se interessou por magia, e desejava ter uma vida pacata. Contudo, foi capturado de sua vila por bandidos e posteriormente vendido como escravo para um mago insano que estava começando um culto sombrio. O mago e seus asseclas usaram Rodrick e uma garota também raptada como “sacrifício” para invocar Poderes Ocultos em uma cerimônia macabra. Como os magos haviam previsto, uma entidade respondeu ao chamado, mas inesperadamente, chacinou todos os arcanos, deixando apenas Rodrick e sua amiga com vida. A entidade, que se apresentou como “O Viajante” obrigou Rodrick a servi-lo como representante, e transformou a garota, que já estava praticamente insana, em um espírito vingativo que ajudaria Rodrick ao mesmo tempo em que manteria o novo bruxo “na linha”. Sem escolha, mas ainda são, Rodrick decidiu que iria fazer o que seu novo mestre pedira, mas que também usaria seus recém adquiridos poderes para fazer algum bem no mundo. Quando, por obra do destino, encontrou o grupo de Lily, Ludovic e Devon, ofereceu sua ajuda, e eles, mesmo um tanto receosos, o acolheram. Decisão da qual jamais se arrependeram, pois Rodrick mostrou valor e lealdade em inúmeras ocasiões.

ESSIEN (Bárbaro Humano, Caótico Bom): Nativo das savanas de Tcha´Ka, Essien faz parte dos nobres e orgulhosos bárbaros da Tribo do Puma Negro, guerreiros ferozes que possuem uma forte comunhão com o Espírito do Puma. Buscando vingança contra um associado da Cabala Sombria que matou seu “irmão”, um puma que conhecia desde filhote, Essien se lançou em uma forte caçada, inspirado pelos métodos de Boror Brisa Cortante. Por meses, ele caçou e destruiu incontáveis necromantes com sua força e ferocidade lendária, sempre guiado pelo Espírito do Puma. Contudo, Essien eventualmente foi capturado pelos necromantes, que tentaram em vão quebrar a vontade do bárbaro e corromper o Espírito do Puma. Resgatado pelos heróis em uma tumba misteriosa, Essien se juntou a eles, e a cada novo combate, o silencioso e mortal guerreiro traz honra e glória a seu povo.

ELINA (Monge Humana, Leal e Boa): Elina perdeu sua família na Guerra do Sangue quando era jovem, e foi salva por um velho ermitão que possuía habilidades físicas extraordinárias, e um imenso conhecimento sobre o universo e as verdades da vida. Este “filósofo” adotou Elina e a treinou no caminho do monge, pois desde o início, percebeu nela uma grande luz interior. Durante a passagem de sua adolescência para a vida adulta, Elina foi uma discípula exemplar. Em um dado momento, seu mestre a congratulou e disse a ela para viajar e procurar seu próprio caminho e propósito no universo. Sem hesitar, a jovem agradeceu, e seguiu viagem determinada a ajudar todos aqueles que precisassem de auxílio, lutando por aqueles que não podiam fazer isto por si mesmos. Quando encontrou o grupo de heróis, se juntou a eles rapidamente, e dentro e fora do campo de batalha, ela provou ser uma fonte de calma, sabedoria e força.


BORIS (Halfling, Neutro e Bom): Boris é um halfling de imenso coração e bondade, que ajudou em várias ocasiões os Sete Heróis em sua guerra contra a Cabala Sombria. Ele se juntou ao grupo porque estava procurando por Lily, e durante muito tempo, se mostrou um mistério para todos, por ser capaz de canalizar energia divina inconscientemente de forma a curar doenças e maldições, fechar ferimentos e em uma ocasião, até ressuscitar uma pessoa. Lily, inconformada, o acusava de estar escondendo algo dela, mas a verdade é que nem mesmo o pequeno sabe o que está acontecendo, acreditando, como diz a todos, que aquelas habilidades são fruto de seu treinamento com o clérigo Athelstan. 

A campanha segue de forma lenta, uma vez que temos pouco tempo para jogar, mas está se desenrolando muito bem, e agora, após alguns meses de jogo, os personagens conseguiram chegar ao  nível.

4 comentários:

  1. Gronark, o Senhor da Dor28 de outubro de 2016 18:56

    Uma geração fraca de heróis a caminho. Se acha que esses peões patéticos irão proteger Boris de nos, então está muito enganado, caolho! Iremos oferecer a cabeça do pequenino em uma bandeja, junto com os pedaços dos seus heróis e de qualquer tolo que cruzar nosso caminho, para o grandioso Acheron!

    O mundo inteiro irá se afogar em sangue quando o "Fim dos Dias" chegar, mas para isso precisamos preparar o terreno conforme a profecia dita. Das oito relíquias do chaos, Acheron já possui três, Odin. Eu irei guiar o Senhor do Fim dos Dias ao seu derradeiro destino de destruição, e ele terá a sua vingança sobre todos aqueles que o traíram no passado, HAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Subestimes estes heróis por tua conta e risco, demônio! Vários diabos e alguns dragões cometeram o mesmo erro e hoje são apenas cadáveres.

      O Ragnarok chegará, mas NÃO SERÁ PELAS MÃOS DE TEU MESTRE! Meus corvos também estão procurando as relíquias remanescentes, e assim que conseguir encontrar e trancafiar em meus cofres uma única delas, teus planos serão frustrados.

      Excluir
  2. Gronark, o Senhor da Dor29 de outubro de 2016 22:18

    Massacrei guerreiros muito mais capazes e levei sofrimento a heróis mais poderosos! Coran e Vardalon são testemunhas de quão influente e cruel eu posso ser se eu quiser, HAHAHAHAHAHA

    O Ragnarok não virá pelo mestre Acheron, mas o Fim dos Dias virá para Elgalor, Caolho, e você sabe muito bem disso! Sei que está usando a sua patética forma de "Senhor dos Ventos" para tentar impedir o apocalipse, mas será inútil.

    A próxima relíquia está muito bem guardada, no entanto, iremos afundar os reinos em Elgalor em morte e destruição para obter um dos mais mortíferos artefatos do CHAOS. Você irá chorar com o sofrimento e dor que infligiremos sobre os povos que tanto estima, Odin, HAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coran e Vardalon podem de fato atestar o quão insano e cruel tu és, maldito, mas atestam também que tu e tua corja tombarão perante às forças da ordem, sejam elas boas, neutras ou mesmo más.

      Estes não são os heróis que enviarei para confrontar-te cão, pois ainda não despertaram todo o seu potencial. Contudo, estou reunindo um grupo que há de mostrar-te, de uma vez por todas o significado da palavra sofrimento.

      Excluir