quinta-feira, 21 de abril de 2016

Aprimorando os Estilos de Combate em D&D 5

Saudações, bravos combatentes!

Algumas classes têm acesso a Estilos de Combate no novo D&D, recebendo alguns pequenos bônus conforme o estilo escolhido pelo jogador. A ideia é muito interessante, mas a habilidade do combatente no estilo selecionado é exatamente a mesma no 2º nível e no 20º.
Apesar disto não ser exatamente um problema, seria interessante ver estas habilidades progredirem junto com o personagem. Assim, trago-vos aqui uma sugestão de como aprimorar de forma simples os Estilos de Combate presentes no Livro do Jogador conforme o personagem adquire mais níveis; cada estilo confere aqui uma habilidade adicional no 8º e 16º nível.

ESTILOS DE COMBATE

Arma Pesada: O jogador re-rola todos os dados de dano resultantes em 1 ou 2, quando usando armas de duas mãos, e deve ficar com o novo resultado, mesmo que seja igual ou inferior à jogada original.
8º Nível: Se na re-rolagem o jogador obtiver novamente 1 ou 2 na jogada de dano com armas de duas mãos, ele substitui este resultado pelo número 3.
16º Nível: Sempre que o personagem obtiver o número máximo no dado de dano, ele rola 1d8 de dano adicional ao dano causado.

Arquearia: +2 para ataque com armas de ataque à distância.
8º Nível: Pode usar uma Reação para re-rolar um ataque à distância que tenha errado o alvo.
16º nível: Pode usar uma Reação para causar dano máximo em um ataque à distância que tenha atingido o alvo (o dano máximo se aplica apenas ao dado da arma).

Defensivo: +1 na CA quando usando armadura.
8º Nível: +2 na CA quando usando armadura (substitui o bônus anterior).
16º Nível: Usando uma Reação, o personagem recebe +4 em sua CA contra um único ataque naquela rodada.

-Duas Armas: Pode adicionar atributo para dano com a arma secundária.
8º Nível: +2 nos testes de Iniciativa quando luta com duas armas.
16º Nível: Quando usa uma Ação Bônus, você pode desferir dois ataques com a arma secundária.
Nota: a habilidade conferida no 16º nível aqui é consideravelmente mais forte porque o combate com duas armas, da maneira como está, é totalmente inviável para guerreiros, porque há um abismo entre o dano causado usando uma arma pesada e o dano causado usando duas armas.

Duelo: +2 para dano quando usando uma arma de uma mão e nada na outra.
8º Nível: +1 nas jogadas de acerto e na CA quando usa uma arma de uma mão e nada na outra.
16º Nível: Usando uma Reação, adquire Vantagem em um ataque feito naquela rodada.

Proteção: Quando aliado adjacente sofre um ataque, você pode usar uma Reação para impor Desvantagem ao ataque. Deve estar usando um escudo.
8º Nível: Quando usa uma reação para proteger um aliado que esteja próximo, todos os ataques de um oponente escolhido que forem feitos contra seu aliado naquela rodada são feitos com Desvantagem.
16º Nível: Ao usar uma Reação, você impõe Desvantagem a todos os ataques feitos contra até dois aliados que queira proteger e que estejam a até 1,5 metros de você.

5 comentários:

  1. Excelente! Gostei dos aprimoramentos nos estilos de combate! Muito bom trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato, nobre irmão, e sejas muito bem vindo aos Salões de Valhalla!

      Excluir
  2. Elladan, filho de Elrond24 de abril de 2016 10:22

    Excelente, Odin!

    As habilidades ficaram ótimas. Muito bem equilibradas e interessantes. Além disso, com este complemento, o guerreiro campeão, que era sofrível em comparação com o mestre da batalha e o cavaleiro arcano, ficou muito mais viável, já que ter acesso a dois estilos de combate nesta situação passou a ser algo muito relevante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato, nobre irmão! Com isto, os campeões definitivamente ficarão muito mais viáveis; um ótimo beneficio secundário...

      Excluir
  3. Amei esses ´´aprimoramentos´´ para os estilos de combate principalmente o de combater com duas armas que segundo alguns é o pior estilo de combate que tem.

    ResponderExcluir