sábado, 6 de dezembro de 2014

Textos das Eddas em português e o livro Guardiões do Pecado

Saudações, nobres poetas guerreiros!

Trago-vos aqui duas coisas deveras interessantes que meus corvos encontraram em suas viagens:

PARTE DAS EDDAS  PARA DOWNLOAD EM PORTUGUÊS

Como alguns aqui sabem, As Eddas, são partes fragmentarias de uma antiga tradição escandinava de narração oral (atualmente perdida) que foi recopilada e escrita por eruditos que preservaram uma parte destas histórias. São duas as compilações: a Edda prosaica (conhecida também como Edda Menor ou Edda de Snorri) e a Edda poética (também chamada Edda Maior ou Edda de Saemund).

Na Edda prosáica se recopilam poemas muito antigos, de caráter mitológico e heróico, organizada por um autor anônimo até 1250, e ela é uma coletânea literária religiosa de Snorri Sturluson (1179 - 1241) até os anos 1220 ou 1225. Não são poemas, dado o fato de estarem em prosa. Conta com muitas recomendações para poetas, já que o poeta guerreiro islandês Snorri tentava, com essas recopilações em prosa, ajudar na formação de poetas no estilo tradicional escandinavo, uma forma de poesia que data do século IX, muito popular na Islândia.

Graças a nossa nobre irmã de armas do blog Memórias de uma Guerreira, podemos obter uma parte desta rica obra em língua portuguesa. Para tanto, basta entrar neste PORTAL.

LANÇAMENTO DO LIVRO GUARDIÕES DO PECADO
GUARDIÕES DO PECADO
O autor brasileiro J.P Schmidt trouxe a nós informações sobre um livro que escreveu chamado Guardiões do Pecado, que é bastante baseado em nossas saudosas mesas de RPG. Eis a sinopse:

Pessoas adoecem e outras somem sem razão aparente, sem evidência de corpos, rastros e muito menos testemunhas. Como o vilarejo está no cruzamento das terras dos nobres, a chamada "terra de ninguém", o auxílio é negado. Um trio de forasteiros resolvem ajudar e em meio a pistas e investigações adentram ruínas encontram corpos e triunfam sobre criaturas hediondas, porém na saída quase são pegos por escravagistas, membros da própria comunidade. Logo percebem que a aldeia é vítima de um plano maior.

Para mais informações, entrai neste PORTAL.

6 comentários:

  1. Fico muito grata e honrada de ser mencionada nessa postagem de seu nobre salão.
    Precisando de qualquer divulgação no meu blog, só avisar! Muito grata, nobre Odin!

    ☆• Memórias de uma Guerreira •☆•

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há de que, nobre irmã!

      Sou eu quem agradece por vossos excelentes textos.

      Excluir
  2. Meu coração foi acalentado com tal honrosa citação deste meu manuscrito. Espero que da leitura aprazível desperte as mais agradáveis das sensações e nos remeta ao que mais importa. Não ser... um dos Guardiões do pecado.

    Skäl !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, nobre escaldo!

      É uma honra poder divulgar teu nobre trabalho nestes Salões.

      Desejo muito sucesso a ti em tua empreitada!

      Excluir
  3. Queria ser brindando e agraciado com os antigos mitos escandinavos! Se algum mestre puder me esclarecer com conconhecimentos nórdicos eu eternamente grato!! Desde já obrigado!

    ResponderExcluir
  4. Queria ser brindando e agraciado com os antigos mitos escandinavos! Se algum mestre puder me esclarecer com conconhecimentos nórdicos eu eternamente grato!! Desde já obrigado!

    ResponderExcluir