sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Fúria Bárbara no novo D&D

Saudações, ferozes guerreiros!

Trago-vos aqui a versão definitiva da Fúria Bárbara no novo D&D. Muito interessante, simples de se usar e principalmente, deveras poderosa.

Fúria: O bárbaro pode entrar em Fúria com uma ação bônus. A fúria dura 1 minuto, apesar de poder ser interrompida antes caso o bárbaro desejar. 

Outras formas da Fúria terminar antes da duração máxima são:


-  O bárbaro cair inconsciente (ou obviamente, morto)
- O bárbaro passar uma rodada sem atacar uma criatura hostil ou sofrer dano.

Durante a Fúria, o bárbaro recebe os seguintes benefícios, contanto que não esteja utilizando armaduras pesadas:
- Vantagem para testes e testes de resistência de FOR.
-Recebe o bônus de Fúria para o dano de ataques corpo-a-corpo baseados em FOR (+2 no 1º nível, +3 no 9º nível e +4 no 16 nível).
-Recebe Resistência* a dano cortante, perfurante e esmagamento.

* Resistência significa que todo o dano ao qual o personagem é resistente é dividido pela metade.

A única “restrição que a Fúria traz é:
-Caso o bárbaro seja capaz de conjurar magias, não pode fazê-lo durante este estado.

Como podeis observar, a fúria bárbara ficou realmente poderosa nesta nova edição, dispensando todos os cálculos que eram necessários antes quando ataque, dano, classe de armadura e pontos de vida eram todos alterados. Uma mudança muito bem vinda.

2 comentários:

  1. interessante isso da resistencia... E facilita os cálculos, o que é sempre bem vindo.

    ResponderExcluir
  2. Sim, é exatamente isso que penso. A resistência cumpre bem o seu papel para demonstrar que o bárbaro vira um "touro" quando está em fúria, e facilita muito os cálculos, o que é excelente.

    Outra coisa que gostei é que a Fúria para o bárbaro é tratado como algo mais "espiritual", e não como era raiva; enquanto para o berserker ela é a a explosão da força de vontade e destruição inata do bárbaro, para o totem warrior é a expressão de sua ligação com seu espírito guardião.

    ResponderExcluir