sábado, 23 de agosto de 2014

Tyranny of Dragons

Tyranny of Dragons, fornece um ótimo desafio para voltar a Faerun.
Saudações, nobres heróis!

Muitos entre vós já conhecem a saga de proporções épicas intitulada “Tyranny of Dragons”, a primeira grande saga desta dimensão no reestruturado cenário de Forgotten Realms na nova edição de D&D. Para aqueles que ainda não ouviram falar a respeito, eis um breve resumo.

O Culto do Dragão é uma ordem composta por alguns dragões malignos, cultistas e necromantes que acreditam em uma antiga profecia que diz que o mundo está destinado a ser consumido por uma grande escuridão e neste momento, será governado por dragões mortos vivos. A ordem passou décadas tentando “preparar” o mundo para tal acontecimento, mas agora, crêem que a profecia na verdade não se refere ao reinado dos dragões mortos vivos, mas sim, a um antigo reino dracônico tombado eras atrás e à ascensão da Rainha dos Dragões Malignos, Tiamat. Desta forma, o culto está buscando cinco poderosos artefatos conhecidos apenas com Máscaras de Dragão, e com eles, pretendem libertar Tiamat dos Nove Infernos e conduzi-la aos Reinos Esquecidos.

Além de uma busca fanática e impiedosa pelas máscaras, o culto, agora maior e mais poderoso do que nunca, está saqueando diversas cidades do norte como Neverwinter e as comunidades do Vale do Vento Gélido afim de reunir um imenso tesouro para sua rainha. E por onde passam, deixam apenas morte, miséria e destruição.

Para conter esta onda de escuridão no norte, vários heróis e inclusive vilões se ergueram, de modo que cinco poderosas facções, cada uma com seus próprios objetivos, estão lutando ferozmente para impedir o culto do dragão de atingir seus objetivos. Estas facções são:

- Os Harpistas: Uma ordem de bardos, magos e outros aventureiros de tendência boa, que lutam para preservar o bem e a liberdade nos reinos.

- Enclave Esmeralda: Uma antiga ordem druídica que conta também com rangers, alguns bárbaros e paladinos que fizeram o voto dos Antigos, lutando para preservar o equilíbrio natural do mundo.

- A Ordem da Manopla: Poderosa aliança das Igrejas de Tyr, Ilmater, Torm e Hoar, formada quase que totalmente por paladinos que fizeram o voto da Devoção ou da Vingança.

- A Aliança dos Lordes: União feita pelos líderes de grandes cidades como Waterdeep, Neverwinter e Silverymoon, dedicada a proteger todo o norte de Faerun. Alguns de seus líderes estão entre os mortais mais poderosos de todo o mundo.

- Zhentarim: Ordem maligna extremamente poderosa que busca a dominação de todo o continente. Diferente das ordens anteriores, que buscam barrar o mal trazido pelo Culto do Dragão e proteger o norte, os Zhentarim entraram no confronto apenas para evitar que o Culto adquira poder demais a ponto de ameaçar os seus próprios plano de dominação.

Esta é uma história que começou muito bem, e lembra muito os antigos dias de glória de Forgotten Realms. Em próximos pergaminhos, conheceremos mais sobre as facções envolvidas, os planos do Culto do Dragão e heróis que estão deixando seus nomes na história dentro desta grande saga.

2 comentários: