domingo, 24 de março de 2013

The Hobbit: Armies of the Third Age

Em Armies of the Third Age, podes encarnar um grande líder
anão, elfo ou orc e liderar poderosos exércitos.
Saudações, bravos guerreiros!

Durante seus últimos vôos, meus corvos encontraram algo deveras interessante, o jogo The Hobbit: Armies of the Third Age.

Armies of Third age é um jogo de estratégia gratuito que roda diretamente no browser de vossos computadores, no qual podes escolher criar um poderoso exército anão, elfo ou orc.  As ilustrações, música e cenários do jogo são muito bem feitos, e mesmo estando ainda na fase beta, o jogo apresenta poucos erros.



Algo importante a ser dito aqui é que ao contrário de jogos como Travian, não é necessário passar 24h/ dia atento ao que acontece para que seu exército não seja massacrado e suas cidades não sejam derrubadas. O que me chamou atenção neste jogo, além da possibilidade de jogar algo diferente na Terra Média, foi o fato dele ter sido feito considerando que os jogadores possuem vida própria.

Aqui, é muito mais fácil treinar soldados, conseguir recursos, defender cidades e principalmente, guardar recursos. Além disso, há diversos cenários como florestas, montanhas e planícies onde vosso herói e seu exército podem adquirir recursos e aprimorar habilidades. Além disso, há os nefastos acampamentos goblin, locais que guardam muitos tesouros, mas que são vigiados por centenas destas pérfidas criaturas.

Deste modo, é possível tranquilamente preparar vossas defesas e criar uma verdadeira máquina de guerra dentro do período de proteção inicial (que é de uma semana ou até que vosso “Keep” chegue até o nível 6). Outro ponto interessante são as alianças, que são formadas por membros da mesma raça.

Um ponto negativo é a falta de informações (como eu disse, o jogo está em fase Beta) sobre coisas importantes, que muitas vezes precisam ser “adivinhadas”. Mas há jogadores mais experientes que muitas vezes se mostram dispostos a auxiliar os mais novos no chat do próprio jogo, o que diminui consideravelmente este problema. O jogo também trabalha com itens comprados com dinheiro, mas até onde joguei e pelos comentários que ouvi de jogadores mais antigos, não é necessário que se gaste absolutamente nada neste sentido para ter um bom resultado.

Resumindo, este é um jogo bonito, simples e mesmo na fase beta, divertido de se jogar, especialmente para os fãs do mestre Tolkien. Para mais informações, entrai neste PORTAL.

Caso algum de vós, grandes guerreiros decidas testar este campo de batalha, procurai por Odin, um bravo guerreiro anão membro da nobre aliança Vikings.

2 comentários:

  1. Realmente é bem divertido, caro amigo. E como eu disse, tu podes jogar e ao mesmo tempo ter uma vida, o que não era possível em nossos antigos tempos de Travian...

    ResponderExcluir