quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Escaldos da Guerra para D&D 3.5

Escaldos criam seus épicos participando de batalhas junto aos
guerreiros de seu clã; Suas histórias posteriormente eram ouvidas com
empolgação em  grandes tavernas... ou em Valhalla.
Saudações, mestres da canção e da espada!

Trago-vos aqui uma variação da classe Bardo conforme a tradição dos antigos escaldos nórdicos.

Estes bardos, assim como os bardos celtas, possuíam amplos conhecimentos em diversas áreas do saber, mas ao contrário dos bardos, os escaldos focavam-se mais em narrar  grandes batalhas. Participando da forma mais ativa possível delas.

Escaldos nórdicos acreditavam que não teriam uma boa visão do combate para narrar em seus épicos se não estivessem participando diretamente dele, na linha de frente junto aos maiores guerreiros de seu clã. Escaldos acreditavam também que era muito mais difícil motivar guerreiros quando você se encontra na retaguarda de um confronto. Se após o combate o escaldo sobrevivesse, saberia exatamente o que aconteceu em detalhes, e ninguém ousaria questionar a veracidade de suas palavras. Se perecesse, simplesmente contaria suas histórias nos Salões de Valhalla.

Os escaldos eram conhecidos dentro e fora de seus clãs por possuírem vozes extremamente poderosas. Isto, somado a sua coragem, conhecimento e habilidade com as palavras, os tornavam grandes oradores e Jarls (líderes de clãs).

Desta forma, os escaldos eram bem versados no uso de armas e armaduras, e em combate, focavam-se em lutar e motivar seus companheiros na linha de frente. Em termos de jogo, eles são menos versáteis do que os bardos e não podem utilizar itens mágicos de outras classes conjuradoras. Porém, eles são combatentes realmente eficazes.

REGRAS DE JOGO

Os Escaldos são idênticos aos Bardos, exceto por:

Pontos de Perícia: Escaldos recebem 4 pontos de perícia por nível, e não 6 como os bardos. Além disso, não recebem as perícias Disfarce e Usar Instrumentos Mágicos como perícias de classe. No lugar delas, o escaldo recebe Sobrevivência e Cavalgar.

Dado de Vida: Escaldos utilizam o d8 como dado de vida.

Usar armas e armaduras: Escaldos sabem usar todas as armas simples e comuns, armaduras leves, médias e escudos (exceto escudos de corpo). Escaldos ignoram a penalidade de falha arcana quando utilizam armaduras leves e escudos, mas não quando utilizam armaduras médias.

Magias: Escaldos não aprendem nem lançam magias adicionais por conta de um alto valor de carisma como os bardos. Contudo, podem usar as magias do Domínio da Guerra como um clérigo de mesmo nível, sem receber os poderes concedidos do domínio.

NOVAS CANÇÕES DE ESCALDOS/ BARDOS

Abaixo, trago-vos uma lista adicional de canções para o escaldo. Apesar de focada na ambientação nórdica Nove Mundos, estas canções podem facilmente ser adaptadas para outras ambientações.

Canção de Thor (3 graduações em Atuação): Uma arma de combate corpo-a-corpo do  Escaldo e todos os seus aliados em um raio de 9 metros tornam-se elétricas, causando 1d6 de dano adicional de eletricidade. Os efeitos desta canção duram por 5 rodadas depois que o escaldo pare de cantar.

Canção de Hermod (3 graduações em Atuação): O Escaldo e todos os seus aliados em um raio de 9 metros têm seu deslocamento básico dobrado e recebem os benefícios do talento Tolerância. Os efeitos desta canção duram por 1 minuto/ nível do escaldo.

Canção de Heimdall (9 graduações em Atuação): Todos os aliados do escaldo em um raio de 9 metros ficam sob o efeito da magia Ver o Invisível e recebem um bônus de +4 em seus testes de Vontade para identificar ilusões. Os efeitos desta canção duram por 1 minuto/ nível do bardo.

Canção de Tyr (9 graduações em Atuação): O Escaldo e todos os seus aliados em um raio de 9 metros tornam-se imunes a efeitos de medo Os efeitos desta canção duram por até 5 rodadas depois que o escaldo pare de cantar.

Canção de Loki (12 graduações em Atuação): Todos os inimigos do escaldo com até 5 DV em um raio de 9 metros devem fazer um teste de Vontade (CD 10 + ½ nível do escaldo + ajuste de carisma). Aqueles que não passarem no teste ficam sob o efeito da magia Riso Histérico de Tasha durante 1d4 +1 rodadas. Os adversários que passem no teste de Vontade ficam imunes a esta canção durante um dia inteiro.

Canção de Balder (15 graduações em Atuação): O Escaldo e todos os seus aliados em um raio de 9 metros recebem cura acelerada 5. Os efeitos desta canção duram até 5 rodadas depois que o bardo pare de cantar.

Canção de Odin (18 graduações em Atuação): O Escaldo e todos os seus aliados voluntários em um raio de 9 metros são afetados pela Fúria Bárbara, recebendo +4 em Força e Constituição, +2 em testes de Vontade contra magias de encantamento e – 2 em sua CA. Os efeitos desta canção duram até 5 rodadas depois que o escaldo pare de cantar.

Canção dos Portões de Valhalla (23 graduações em Atuação): O bardo abre os portões de Valhalla e invoca 2d6 +4 bárbaros de 6º nível para lutar ao seu lado. Os bárbaros invocados obedecem todos os comandos do bardo dentro do combate, mas nunca batem em retirada. Eles permanecem junto ao bardo durante 10 minutos/ nível do bardo ou até serem destruídos. Esta canção só pode ser usada uma vez por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário