quarta-feira, 4 de julho de 2012

Azeroth RPG

Os orcs de Azeroth são guerreiros bravos e honrados,
altamente espiritualizados.

 Saudações, nobres heróis!

Depois que meu bravo amigo e irmão J Neves IV me explicou sobre a rica mitologia e culturas presentes no mundo de Azeroth (ambientação do jogo online World of Warcraft), fiquei bastante surpreso com a quantidade de boas histórias e personagens que compõem este mundo, ao mesmo tempo em que me senti tolo por nunca ter lido nada a respeito apenas por se tratar de um jogo online.

Com a indicação de J Neves, passei a jogar e a pesquisar mais sobre este mundo e seus povos, e após alguns meses, notei que muitos destes elementos poderiam ser empregados em campanhas de mesa, mesmo para mestres mais fechados que preferem permanecer nos moldes concebidos por Tolkien e difundidos através do AD&D (como eu, por exemplo).

Night Elves, baseados nos Elfos Negros de D&D,
mas guiados por uma deusa bondosa e altamente
ligados ao druidismo.
Parte disso é porque, como os próprios criadores do jogo declararam, foram usadas muitas referências do AD&D e Forgotten Realms 2ª Ed. para conceber algumas raças, tramas e personagens do mundo, como os Night Elves, que tiveram a premissa de "como seriam os elfos negros se fossem guiados por uma deusa benevolente com forte ligação com o mundo natural?".

De qualquer modo, através desta nova série de pergaminhos intitulada Azeroth RPG, estarei compartilhando convosco informações interessantes sobre raças, culturas e personagens deste universo, além de adaptações disto tudo para D&D 3.5. A cultura shamanista dos orcs, por exemplo, pode servir como base para criar ritos e tradições para tribos de meio-orcs em campanhas tradicionais.

Espero que estes pergaminhos possam render boas ideias para aventuras ou mesmo para ajudar aqueles entre nós que se dedicam à nobre arte da escrita. Tanto para quem busca algo novo quanto para aqueles que preferem algo mais "clássico".

5 comentários:

  1. Apesar de WoW ser uma febre, não conheço praticamente nada sobre este cenário... Vai ser interessante aprender mais sobre tão elogiada ambientação...

    Obs: Cuidado, nobre Odin... Ouço dizer que WoW é extremamente viciante =P...

    ResponderExcluir
  2. Hahaha, realmente é, nobre amigo, mas salvo nos domingos pela manhã, é difícil sobrar tempo para jogar muito e ficar viciado...

    ResponderExcluir
  3. Hoho! Que notícia bacana. Fico até orgulhoso em saber que ajudei a contaminar a tua mente para jogar WoW. E, realmente, o jogo é viciante, mas eu acho que já passei mais tempo lendo sobre o lore, dentro do jogo e fora, do que me dedicando as inúmeras tarefas dentro do mundo virtual, que é o que vicia de fato. Sinta-se livre pra pegar o material criado lá pelo Tirisfalen, Odin!

    ResponderExcluir
  4. Hahaha, eu também passei mais tempo lendo sobre o universo (dentro e fora do jogo) e anotando nomes interessantes de personagens do que realizando as missões do jogo...

    Agradeço-te mais uma vez por tua ajuda e teus conhecimentos, nobre amigo!

    ResponderExcluir
  5. Realmente é um grande cenário e tem muitas estórias legais!

    ResponderExcluir