segunda-feira, 21 de maio de 2012

Um belo rito de despedida

Saudações, nobres almas!

Trago-vos aqui um belo rito de fúnebre dos bravos e nobres Tauren de Azeroth, guerreiros valentes e fortemente espiritualizados, semelhantes aos nativos norte-americanos de Midgard.

Em termos de jogo, este rito pode ser muito bem aproveitados por bárbaros, druidas, shamans ou qualquer personagem que venha de uma cultura animista ou ligada fortemente à natureza.


A oração aqui presente é feita para uma anciã que pereceu, mas pode ser facilmente adaptada para um guerreiro da tribo, por exemplo.

“Mãe Terra, em Teus braços, damos a Ti um dos nossos. Ela é Unaya Hawkwind, minha mãe e avó para todos nós; a mais sábia de nossa tribo.

Que seu espírito voe até Ti suavemente; que os ventos a carreguem gentilmente, e que a grama sussurre seu nome.

Cuidai dela como ela cuidou de nós; deixe que ela olhe para nós com alegria, através do olhar eterno de An'she (Sol) e Mu'sha (Lua), até que nos unamos a ela.

Pois somos todos nascidos de Ti, e um dia, a Ti todos retornaremos.”

5 comentários:

  1. Isso é mostrado no começo do jogo, certo? Começo dos Tauren, quero dizer. É muito bonito mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Sim, é uma das primeiras missões; acho que o nome é "First rites, last rites"

    ResponderExcluir
  3. Rogério"Monge da Dungeon"29 de maio de 2012 08:44

    Ah sim! Os Taurens. Meu primeiro personagem de Wow foi justamente um Tauren chamado: Pardo: um guerreiro. Mais tarde criei o "Pardoocaído" um Cavaleiro da Morte.

    A despeito da mecânica da raça não ter ficado lá muito boa na minha opinião (salvo pela excelente habilidade do "pisão), o "Lore" a história e os mitos dos Taurens são incríveis e este rito é deveras lindo. Há um altar no centro e os taurens reúnem-se num círculo a volta do mesmo trazendo oferendas enquanto que o xamã (ou guerreiro, não lembro bem) cita as palavras que o odin escreveu. Uma pena não terem colocado um dublador no WoW em português: ia ficar mais emocionante e verossímel.

    Há um outro momento, muito legal, em que você vai até uma cidade tauren arrasada por invasores humanos. Você é encarregado de dar descanso as almas através de um rito, mas não lembro dos detalhes. Os espíritos dos que morreram aparecem e é interessante a forma como eles agem, como se não soubessem que estão mortos.
    Atualmente jogo com um troll warrior outra raça que tem um bom lore, mesmo parecendo que eles estão "fumados".

    ResponderExcluir