sábado, 3 de março de 2012

Ghost Rider: Uma pequena resenha

Saudações, bravos guerreiros do inferno!

Devido ao fato do filme Ghost Rider: Spirit of Vegeance não ter sido um filme comercial, cheio de marombados bonitões ou piadas idiotas, ele tem sofrido algumas críticas pesadas e injustas. O que já era de se esperar...

Quero apenas usar o espaço aqui para dizer que apesar de não ter sido exatamente fiel à mitologia do Motoqueiro Fantasma, este filme consegui reproduzir bem o clima brutal e sombrio das histórias do personagem. O vilão aqui é retratado como algo realmente macabro, e o motoqueiro é caracterizado de forma muito semelhante aos primórdios do personagem; Um justiceiro, não um herói.

A trama é um pouco solta no começo, mas vai melhorando sensivelmente ao longo do filme, e a idéia de ambientar a história nos anos 80 e no leste europeu realmente ajudou a conferir um clima mais mítico para o filme.

Resumindo: O filme não é perfeito, mas reproduz bem o clima  forte das histórias do personagem. Eu particularmente gostei muito, e recomendo a todos os fãs do Motoqueiro Fantasma.

Que o espírito da vingança esteja convosco!

6 comentários:

  1. Alguns pontos no filme me fizeram ficar chateado como: a troca direto entre espirito e anjo/demonio. Pelo que eu saiba ele é um espirito e outra se deve a maldita tradução "espirito DE vingança" é osso. Fora isso a transformação ficou diferente d+ da do filme anterior, achei que eles manteriam a coisa mais naquele estilo.

    ResponderExcluir
  2. Suficientes palavras Odin. Espero ver este filme em breve.

    ResponderExcluir
  3. É verdade... eu assisti este filme e achei muito bacana, apesar de uma ou outra pisada de bola. O Motoqueiro está implacável, e o filme está bem diferente da água com açúcar que foi o primeiro, o que é MUITO bom, considerando o personagem. Até o Christopher Lambert aparece no filme!

    O clima do filme me lembrou muito o Justiceiro (o novo e aquele lançado na década de 90) e o Constantine.

    Se posso dar uma opinião, quem gostou destes filmes que eu falei vai curtir o Motoqueiro, mas se alguém aqui é daqueles que curte Crepúsculo ou Thor, é melhor nem gastar o dinheiro do ônibus para assistir o Motoqueiro Fantasma.

    ResponderExcluir
  4. Sábias palavras, guerreiro. Sábias palavras...

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei bastante do filme e concordo com todas as palavras do Warrior of Ice. Também me lembrou muito o clima do Justiceiro - Zona de Guerra e do Constantine. É um filme que tem esse estilo, mas quem prefere uma película a la Thor, acredito que não vá gostar.

    ResponderExcluir
  6. Bem, não assisti o primeiro filme e não conheço a história, mas pelo trailer deu para empolgar!

    ResponderExcluir