domingo, 20 de novembro de 2011

Blades & Magic: Experiência e Evolução de Personagens


5. PONTOS DE EXPERIÊNCIA

Em Blades & Magic, os pontos de experiência representam todas as adversidades e contendas superadas pelos aventureiros, e são estes pontos que permitem a um jogador personalizar e fortalecer seu personagem. O personagem pode gastar seus pontos ao final de cada aventura ou acumulá-los para usá-los posteriormente.

Dando Pontos de Experiência a cada aventura
Uma recomendação geral é que ao fim de cada aventura jogada o mestre dê 1 ponto de experiência a cada personagem. Em ocasiões extremas, quando a aventura foi demasiadamente longa e quando os personagens realizaram grandes feitos, pode-se dar 2 pontos de experiência, mas isso só deve ocorrer em situações realmente especiais.



O que pode ser feito com Pontos de Experiência
A tabela abaixo mostra o que pode ser evoluído no personagem usando pontos de experiência:

O que pode ser aprendido/ melhorado
Custo em Pontos de Experiência
Aumentar 1 ponto no Ataque
1
Aumentar 1 ponto na Defesa
1
Aumentar 2 graduações em uma perícia de classe
1
Aumentar 1 graduação em um perícia extra-classe (que não seja especial)
1
Aumentar em 1 ponto o valor de um Atributo
1
Aprender nova uma Aptidão
2
Aumentar 1 nível em uma Aptidão
2
Aprender uma nova magia
2
Aumentar 1 nível em uma magia *
2
Aumentar os PVs em 1 + ajuste de Físico
2
Aumentar Mana em  1 + ao ajuste de Presença
2

* As magias funcionarão como as Aptidões; explicarei melhor no próximo pergaminho.

14 comentários:

  1. Gostei muito da mecânica, grande pai!

    Fica fácil para iniciantes evoluirem seus personagens, e como temos uma gama muito grande de opções onde gastar os pontos, o potencial de personalização é enorme.

    Achei muito boa a distribuições dos custos. Apesar de parecer barato 1 ponto para subir o atributo, se lembrarmos que precisamos de 2 pontos para mudar o ajuste, e que os atributos interferem em poucas coisas no jogo, a coisa fica muito boa. Se me permite uma sugestão, acho só que deve existir um limite máximo nos atributos, assim como parece existir nas aptidões.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que bacana Odin. Estou gostando muito do que está fazendo para esse sistema, tudo está ficando simples mas não simplório =)

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, a tabela ta uma beleza (a primeira vista), mas não tem como julgar se ta desequilibrada antes de testar.
    XD

    ResponderExcluir
  4. Hahaha, estes Salões estão cheios a esta hora da noite!

    Grato pelos elogios e comentários, nobres amigos. E não te preocupe, Warrior of Ice, pois existem mesmo limites para atributos, que variam um pouco de acordo com a raça do personagem.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, amigo Frodo.

    E tens razão, Medieval Tales; só teremos certeza sobre o equilíbrio do jogo e a eficiência das regras após um playtest.

    Estou trabalhando nas raças e classes, e até o final do ano teremos com certeza a versão demo do sistema para que todos os interessados possam realizar um playtest e dar suas opiniões.

    ResponderExcluir
  6. Acho que por 2 pontos ganhar 1 + ajuste de atributo em mana ou vida é muito, de cara me parece muito, pelo que consultei sua tabela de atributos os modificadores são altos, e os pontos de atributos muitos...Acho que colocaria esse ultimo como 3 pontos ou sem esse 1 +, só o ajuste... Mas realmente me parece ótimo o sistema...

    ResponderExcluir
  7. Falcão: o problema seria que quem tem, por exemplo, um físico baixo talves não conseguisse almentar, mas como disse, so saberemos o que é melhor depois de alguns playtests.
    XD

    ResponderExcluir
  8. Entendo...

    Os pontos de vida e pontos de mana possuem o ajuste +1 especialmente por causa dos pontos de vida; Sem este +1, personagens com Físico 10-11 teriam muita dificuldade para aumentar seus PVs. Contudo, um aumento no custo (ou a retirada do bônus de +1) resolveria o problema.

    Quanto aos ajustes, não considero os valores altos, pois seria necessário gastar 12 dos 23 pontos que um personagem tem para receber um ajuste de +5.

    Apenas a título de exemplo: Um personagem que não queira ficar com atributos com ajustes negativos (aqui isto realmente vai fazer diferença) precisa gastar 8 pontos apenas para conseguir deixar os 4 atributos com valor 10. Com isso, ele teria mais 15 pontos restantes para gastar. Mesmo concentrando pontos, ele teria um atributo com ajuste +4, um com ajuste +3 e dois atributos sem ajuste algum.

    A primeira vista, isso não me parece exagero, mas admito que há espaço para um consenso aqui, mesmo porque conheço grupos que achariam 23 pontos pouco. Ao invés de fixar os pontos de atributo em 23, hei de deixar um valor aberto entre 20 e 25.

    ResponderExcluir
  9. Perdão, faltou algo: quando disse que os personagens teriam de 20 -25 pontos para gastar em atributos, está estabelecido que cada atributo dele começará com valor 8.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, parece que todo mundo entrou ao mesmo tempo!

    Acho que os custos para aumento de PVs e Mana estão bons, principalmente porque há muito no que se gastar pontos aqui. Um personagem que jogue 30 aventuras teria 30 pontos para jogar em ataque, defesa, aptidões, perícias, atributos, PVs e em alguns casos Mana e magias. É mais questão do mestre não "abrir as pernas" e não dar rios de experiência que a coisa fica equilibrada.

    Acho que a ideia de tudo 8 +20 pontos para atributos é o ideal.

    ResponderExcluir
  11. Olha supor playtests é bom, porém fácil d+ resolver assim, , mas se levarmos em consideração grande Odin, que quando se fala que um jogador poderia ter dois atributos com ajuste de +0, um com +3 e outro em +4, estamos falando de um personagem, em geral se joga em grupo e sempre haverá outro personagem para cobrir as falhas do primeiro, mesmo que indiretamente, ainda mais em um jogo com 4 atributos...
    Logo alguém que queira fazer um guerreiro tanker, seria simples d+, e provavelmente o resto do grupo precisaria apenas de um valor 10 ou 12 em Físico, só pra garantir sua sobrevivência a quedas/armadilhas/ataques a distancia e similares...

    ResponderExcluir
  12. A tabela ficou legal mesmo. Curti a evolução livre.

    ResponderExcluir
  13. Fico feliz que tenhas gostado, J Neves!

    Warrior of Ice, ao que parece tanto ti quanto o Falcão Branco julgaram melhor um valor de pontos um pouco mais baixo para ser jogado nos Atributos, e como isso já havia sido comentado antes por Medieval Tales, encerarei o assunto acatando vossas sábias palavras, deixando então 20 pontos para serem jogados em atributos, que começarão todos com o valor 8.

    Tensa razão no que dissestes, Falcão Branco. É realmente importante lembrar que o jogo não foi feito para que um personagem se aventure sozinho, mas sim em grupo, onde um membro cobre as deficiências do outro.

    ResponderExcluir