quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Blades & Magic: Combate

O combate em Blades & Magic é bastante simples, e conta basicamente com as seguintes estatísticas:

INICIATIVA: Determina quem agirá primeiro no combate; quanto maior o resultado, mas rápido o personagem consegue agir. A iniciativa é calculada da seguinte forma:

2d6 + ajuste de Agilidade – penalidade de armadura.

ATAQUE e DANO: O ataque representa sua habilidade para atingir alvos com certas armas, enquanto o dano é o estrago causado em um oponente que não foi capaz de se defender de seu ataque. O valor inicial do Ataque é determinado de acordo com o bônus fixo de classe/ raça do personagem. O teste para se realizar um ataque é:

2d6 + Valor do ATAQUE

Se ao realizar o ataque o personagem conseguir atingir o alvo, ele faz a jogada de dano, que é calculada somando o dano da arma usada + ajuste de Físico do personagem. O dano causado é automaticamente reduzido dos pontos de vida do oponente atingido

Nota 1: Inicialmente, cada personagem começa dando 1 ataque por rodada, a menos que possua a Habilidade Especial Ambidestria. Quando o nível do bônus de ataque de um personagem chegar a +15, ele pode desferir um ataque adicional por rodada. Quando chega a +30, pode desferir dois ataques adicionais por rodada.

Nota 2: Quando um personagem estiver cercado, ou seja, sendo atacado por dois ou mais oponentes, seus oponentes recebem um bônus de +2 nas jogadas de Ataque.

Nota 3: Para desarmar um oponente, um personagem gasta um ataque e faz um teste resistido de Ataque; se for bem sucedido, consegue desarmar seu oponente. Um oponente que segure a arma com as duas mãos recebe um bônus de +4 no teste resistido.

Nota 4: Manobras como imobilizar ou derrubar são feitas através de testes resistidos do atributo Físico.

DEFESA: A Defesa representa a habilidade de se esquivar e bloquear ataques. O Valor inicial de Defesa é determinado de acordo com o bônus fixo de classe/ raça do personagem. Caso o personagem esteja usando um escudo, o bônus do escudo é somado ao valor de Defesa. O teste para se realizar uma defesa é:

2d6 + Valor da DEFESA

Nota 1: Ao contrário do Ataque, que pode ser desferido apenas um certo número de vezes por rodada, é possível que um personagem realize diversas jogadas de Defesa por rodada. Um personagem pode fazer um teste de Defesa contra qualquer ataque que for feito contra ele, desde que saiba de onde o ataque esteja vindo. Se o personagem for surpreendido (atacado de surpresa, enquanto dorme...), ele não tem direito a fazer nenhum teste de Defesa.

Nota 2: Caso o resultado de um teste de Ataque empate com um teste de Defesa, significa que o defensor conseguiu bloquear ou esquivar do ataque.

REDUÇÃO DE DANO: Representa a capacidade que armaduras e certas magias possuem de reduzir o impacto do dano que um personagem normalmente receberia após ser atingido. A Redução de Dano (RD) é fixa e varia muito de acordo com a armadura ou magia que um personagem esteja usando no momento.

PONTOS DE VIDA: Representam a vitalidade de um personagem, quanto dano ele é capaz de suportar. Os Pontos de Vida (PVs) iniciais de um personagem são calculados somando-se o valor de Físico do personagem ao bônus fixo de sua classe:

Pontos de Vida: Valor do atributo Físico + Bônus de Classe

Nota 1: Se um personagem perder todos os seus Pontos de Vida, ele cai inconsciente. Se os PVs de um personagem caírem entre -5 a -9, ele precisa ser receber tratamento nas próximas cinco rodadas ou morrerá. Se os PVs chegarem a um valor igual a -10, ele morre instantaneamente. Um personagem ferido que não receba tratamento recupera PVs perdidos naturalmente; a cada dia, ele recupera um valor de PVs perdidos igual a seu ajuste de Físico.


EXEMPLO DE UM COMBATE

Usemos como exemplo o combate entre Krull, um bárbaro humano contra três orcs.

Krull
PONTOS DE VIDA: 35
INICIATIVA: +2
ATAQUE: + 4
DANO: 2d6 +5
DEFESA: +4
REDUÇÃO DE DANO: 0

Orc
PONTOS DE VIDA: 14
INICIATIVA: +0
ATAQUE: + 2
DANO: 2d6 +2
DEFESA: +2
REDUÇÃO DE DANO: 0

Após a rolagem de dados para determinar a iniciativa, o jogador que interpreta Krull consegue 3 e 4 nos dados, que somados ao valor de iniciativa de Krull chegam a um resultado de 9 (7 + 2). Os orcs conseguem 3 e 5 nos dados, mas como não possuem bônus de iniciativa, perdem de Krull e devem atacar depois do bárbaro. Krull desfere um violento ataque com seu machado, conseguindo 4 e 5 nos dados, tendo um resultado total de 13 (9 + 4). O orc tenta bloquear, mas consegue apenas 3 e 2 nos dados, que somados ao seu bônus de Defesa + 2 atinge o resultado de 7 (5+2). Isso significa que Krull o atingiu, e pode fazer uma jogada de dano. Krull consegue 5 e 5 em seus dados, e somando isso ao seu bônus de Físico consegue 15 (10+5). Como o orc tem  14 PVs, ele cai sangrando no chão. Agora, os outros orcs que ainda estão de pé atacam Krull. Um deles obtém o resultado 3 e 3 nos dados, totalizando um valor de ataque de 10 (6 + 2 + 2, já que está cercando Krull) e o outro obtém 5 e 6, totalizando um valor de ataque de 15. (5 + 6 + 2). Krull faz uma jogada de defesa contra cada um dos ataques que sofreu para tentar bloqueá-los. Na primeira jogada, o bárbaro obtém 3 e 4 nos dados, que somados ao seu bônus de Defesa dão o resultado 11, suficiente para aparar o ataque do primeiro orc. Em sua segunda jogada de Defesa, Krull obtém 4 e 2 nos dados, totalizando 10, e não consegue bloquear o ataque do segundo orc. O segundo orc faz a jogada de dano e obtém 4 e 5, causando um dano total de 11 (9 + 2). Krull subtrai o valor de seus PVs, e como ainda têm 24 PVs, continua de pé. Uma nova rodada começa e Krull (que ganhou a iniciativa no início do combate) ataca novamente...

10 comentários:

  1. Ta ficando bem bacana o sistema! E adorei o exemplo do Krull!

    Krull odeia orcs!!

    ResponderExcluir
  2. Então Odin, algo que achei meio ambíguo, quando se tem um valor quinze no ataque pode-se realizar um novo ataque, (quando sua rolagem de ataque totaliza 15, ou quando só o seu bônus de ataque passivo raça+classe totaliza 15, e depois 30) se este segundo for o caso não é muito alto?

    Ficou leve e muito bom, sentia falta de sistemas ataque vs defesa no mercado atual...

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, grande pai!

    O combate está simples e terrivelmente emocionante! Dá até para imaginar situações onde o guerreiro (ou bárbaro) cercado por diversos orcs e precisa atacar e bloquear repetidas vezes enquanto estiver de pé. E neste sistema, ladinos devem ter ficado muito perigosos, pois se alguém é pego de surpresa, não pode fazer o teste de defesa, e leva o dano de cara.

    Gostei muito. Minha única pergunta é quanto aos acertos críticos: teremos isso no B&M?

    ResponderExcluir
  4. Hahaha, imaginei que fosses gostar da homenagem a Krull, amigo Frodo.

    Quanto a tua questão, Falcão, tens razão; da maneira como escrevi aqui ficou claro apenas para mim, pessoa que concebeu a ideia. Já reescrevi esta parte acima, e o correto é quando o bônus de ataque chegar a +15, o personagem recebe um segundo ataque adicional. Quando este bônus básico estiver em +30, ele terá um terceiro ataque adicional. Um personagem com bônus de Ataque +30 seria alguém verdadeiramente épico neste sistema, equivalente a um personagem de nível 22-25 em D&D.

    Apenas para se ter uma ideia de até onde é possível jogar evoluir um personagem em Blades & Magic, para que um personagem consiga Ataque e Defesa 30, seriam necessárias cerca de 56 aventuras jogadas, caso ele não gastasse pontos de experiência em mais nada.

    ResponderExcluir
  5. Perdão, grande Warrior of Ice. Acho que colocastes teu comentário enquanto eu escrevia o meu anterior.

    Tu fizestes uma observação importante; ladinos e personagens furtivos se tornam especialmente perigosos com esta mecânica de ataque/ defesa ativa; não importa quão poderoso seja um guerreiro, ele ainda precisa se preocupar com assassinos experientes.

    Quanto a tua pergunta, ainda estou decidindo sobre isso, mas será feito de maneira extremamente simples.

    ResponderExcluir
  6. Eu agora gostaria de ver um modelo de classe e raça, e já tenho umas sugestões pra armas...

    ResponderExcluir
  7. Sou grato pelas sugestões, e logo chegaremos às classes e raças.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, esse sistema cada vez melhor.

    Achei dois detalhes que ahco que foram erros:
    Se Krull conseguil 9 no total da iniciativa, e os orcs, 5 e 5 (totalizando 10) os orcs num deviam começar?

    O outro foi um pequeno eero na hora do bloquei do orc:
    "... o resultado de 7 (5 + 7)" ???

    Se precisar de ajuda na criação de classes e tudo mais, pode contar com a gente.
    XD

    ResponderExcluir
  9. Minha matemática não está em seus melhores dias... obrigado pelo aviso, nobre amigo. Já fiz a correção.

    E agradeço imensamente vossa ajuda e opiniões, nobres irmãos!

    ResponderExcluir
  10. Esse sistema com d6 é muito bacana mesmo. O que já facilita pro jogo ser aprendido mais facilmente, já que não tem aquela exclusividade de dados que ninguém viu.

    ResponderExcluir