sexta-feira, 22 de julho de 2011

Uma idéia interessante...

Trago-vos uma idéia muito interessante de nosso nobre irmão, o Falcão Branco. Seu plano é criar versões compactas de diversos jogos que, apesar de excelentes e muito interessantes, assustam por causa da complexidade ou do quantidade imensa de regras envolvidas. Nas palavras do próprio Falcão:

Alguém aqui conhece O Mini20? Micrlotied20? Ou mesmo pocketdragon?

São simplificações de sistemas feitos para jogar rapidamente, porém qual foi minha surpresa esses dias, foi achar uma grande quantia de suplementos interessantes, entre eles micro vampire, micro pathfinder, micro modern e tantos outros títulos convertidos para este, então o que pensei talvez se nós rpgistas da blogosfera nos juntarmos, acho que cada um com um pouquinho, pode contribuir e criar minissistemas, como o microlite d20, para jogarmos as diversas ambientações interessantes que existem por aí, em seus sistemas originais sem necessitarmos aprender um calhamaço de regras novas!

Um exemplo disso seria um micro R&K, com um mini roll e keep podíamos jogar rokugan e 7th sea, sem precisar aprender as regras imensas de livros de 240 a 400 paginas, claro é sabido por nós rpgistas que parte da particularidade do sistema/cenário será perdida, porém é melhor perder uma parte do que o integral!

Fica a ideia, um mini Roll&Keep do Hayashi, micro Asgard RPG do Odin, micro Gurps (porque o gurps lite ainda é muito grande) dos Filhos Da Calculadora, micro 3det (penso que para reduzi-lo seria ideal criar a característica magia, que atuaria como F e PdF, e sumir com aqueles trecos de escola e magias que soa muito D&D), micro Daemon e tantos outros sistemas por aí!

A ideia do microlite é reduzir ao máximo do sistema, sem perder o sistema, claro! No caso do d20, que todos conhecem, os atributos ficaram Força (força + constituição) Destreza, e Mente (o resto todo). Classe de Armadura, Resistências e o bônus base de ataque, continuam parecidos, os talentos variam de versão pra versão e em alguns casos viram habilidade de classe como o ataque poderoso e trespassar para guerreiros.

Resumindo o ideal seria que se conseguisse, colocar os sistemas de forma mais genérica possível, e ao mesmo tempo com maior detalhamento necessário (pra evitar perdas significativas) em algo em torno de 5 a 15 paginas, para sistemas mais pesados!

Um abraço a todos e espero conseguir colaboradores pra esta empreitada!”

Particularmente, achei uma idéia muito interessante. Àqueles interessados em participar, basta enviar uma mensagem ao Falcão Branco (pablo_sephiroth_@hotmail.com)

8 comentários:

  1. Eu adoro sistemas simples, se ocnseguirem simplificar algum postem aki que eu vou ler .
    Eu gostaria de uma simplificaçao do sistema Achemia, pq meus jogadores acham muito complicado (o que n é, mas como eles ja estao acostumado com Mighty Blade, quase quaquer sistema pra eles é complicado).
    Se forem fazer uma versao simplificada de alchemia eu acho q posso ajudar.
    XD

    ResponderExcluir
  2. NO caso do GURPS eu sugiro o MiniGURPS da Devir! As regras eram bem simplificadas e as ambientações muito interessantes!

    ResponderExcluir
  3. Ótima ideia! Seria bem bacana mesmo criar sistemas simplificados, já que eles são interessantes para iniciantes (e não iniciantes também, hehehe) que queiram conhecer o jogo e necessitem jogar uma partida mais rapidamente (como acontece em eventos de RPG, por exemplo).

    ResponderExcluir
  4. Bom, um mini-R&K já saiu na aventura Legacy of Disaster, q eu inclusive traduzi. Fato, jogar SÓ com aquilo me parece impraticável, mas dá uma excelente noção pelo menos do q é o sistema. Fato 2, também não tem como se ter idéia dos Bônus de Família e Escola, q creio ter disponibilizado (tb em português) numa tabela q uso qdo vamos montar personagens. Qq coisa, procurem no meu 4Shared q tá lá.

    ResponderExcluir
  5. Acho que no futuro, RPGs mais simples e práticos irão prevalecer no mercado de jogos. Há, claro, casos em que a simplificação trará certas perdas, mas considerando o fato de que a complexidade deve estar em cenários e não necessariamente em sistemas de jogo, acredito que este será um problema contornável.

    ResponderExcluir
  6. Acredito que tudo tem sua vez.

    Assim como quanto sentamos na frente de um game, as vezes queremos jogar um titulo tenso e dificil (Dead Space, Rainbow Six) e outras vezes queremos destruir tudo (God of War e Quake).

    Acredito que os sistemas "pesados" nunca irão sumir, porem, os leves, terão seu lugar reservado, principalmente com a morte da OGL 3.x.

    Muitos irão criar seus sistemas, e para não sobrecarregar o narrador, optarão por algo simples, até pq, tenho visto que são muuuuuito mais faceis de criar.

    ResponderExcluir
  7. Ultimamente tenho acreditado que um pequeno conjunto de regras simples, associado à um razoável conjunto de regras opcionais mais complexas são uma combinação incrível. Pois assim os que gostam de menos regras e os iniciantes podem se divertir com o básico, e os mais táticos e verossímeis se satisfazem com as opções extras.

    Bela iniciativa!

    ResponderExcluir
  8. Obrigado a todos pela presença e retorno! e ao grande Odin por me ajudar na empreitada! Agora algumas respostas e clareamentos sobre este projeto:

    @Druida filid: Cara um micro sistema é realmente micro, não é coisa como o minigurps da devir que eu conheço (e me agrada mais do que o modulo basico, pois o acho mais amigavel), um microssistema, é direto corta parte dos fluffs e mostra o sistema!

    @Hayashi: eu também possuo seu legado de desastre imprimido e já o joguei duas ou tr~es vezes, mas o que gostaria de ti num micro R&K seriam o basico das regras e atributos adaptaveis (que fossem funcionais para se jogar 7th sea, burning sands e Rokugan) por exemplo o R&K no rokugan tem 8 atributos (+vacuo) e no 7th sea temos 5, apesar de ambos serem o mesmo sistema, eu gostaria de um equilibrio entre isto, uma abordagem generica do rool e keep! Por exemplo no microlite d20, os personagens tem 3 atributos (força destreza e mente) mas o jogo mantem totalmente o seu carater de D&D, sem pecar em nada!

    É isso perdão por até tal momento não ter demonstrado a ideia em sua forma de explicação mais plena!

    ResponderExcluir