quinta-feira, 21 de julho de 2011

Paladinos Imperiais

Saudações, dedicados destruidores do mal!

Se desejais ver teu trabalho publicado nos Salões de Valhalla, basta enviar um pergaminho aos meus corvos (odin.halls@gmail.com)

PALADINOS IMPERIAIS

Por Leonardo "Rhorvals" Vieira

A Fé é nosso escudo!
A fúria a nossa espada!
A armadura é a nossa honra!
Somos os relâmpagos de Heironeous!
Somos os escolhidos do imperador!
E não conhecemos o medo!


- Código dos Paladinos Imperiais

A liga de nações, conhecida como O Grande Reino de Aerdy, ou simplesmente Império, é governada por um Algoz Hextoriano chamado Vernard Vardalon. Diferente do que muitos pensam, o governo imperial não é uma tirania e sim um governo belicoso, mas justo, possuindo uma forte doutrina leal e neutra.

Graças a essa visão ordeira e ao “Código de Guerra” (também chamado de Codex Astartes), muitos guerreiros ordeiros e honrados (incluindo bárbaros) fizeram do Império o seu lar. Isso tudo gerou o nascimento de um novo tipo de guerreiro no mundo: Os Paladinos Imperiais!

A historia desses nobres cavaleiros começa logo depois do fim de um enorme conflito batizado como “A Guerra de Zarus”, onde as igrejas de inúmeras divindades colocaram suas lutas de lado para combater um inimigo comum e extremamente poderoso.
O reino de Nyrond, que é conhecido por seus paladinos e por ter Heironeous como patrono. juntou-se ao Império quando terminou a grande guerra. Com a influência honrada do imperador, a proximidade com cultos mais neutros (Pholtus, Hextor, Saint Cuthbert), e a visão guerreira imperial criou os chamados “Paladinos Imperiais” ou Paladinos “Cinzentos”.

Paladinos Imperiais são, antes de tudo, guerreiros honrados, assim como os paladinos de outras regiões. O principal diferencial é que eles são conhecidos por sua excessiva brutalidade na hora de combater o mal e o caos. Assassinos de crianças, estupradores e cultistas de deuses que tem como objetivo espalhar a anarquia, sofrimento e destruição pelo mundo são caçados e exterminados sem piedade ou clemência, mesmo que esses se rendam. Eles acreditam em um julgamento sumário e rápido agindo como juízes, júris e carrascos. Também usam tortura quando necessário, mas somente nos indivíduos descritos anteriormente, mas apenas se for para revelarem o local de um culto ou o cativeiro de algum inocente.

Esse modo de agir estranhamente ganhou à aprovação do povo, que se acha mais protegido com essa justiça rápida e fria, mas isso gerou um grande cisma entre os paladinos imperiais e suas contrapartes normais. Os paladinos “normais” acusam os paladinos imperiais de terem se vendido aos Hextorianos, enquanto os imperiais rebatem dizendo que a piedade excessiva faz com que muitos malfeitores voltem à ativa para assassinar inocentes. Normalmente é uma discussão acalorada entre ambos os lados, mas já ouve casos que terminaram em violência.

Outro diferencial é a questão de fé e lealdade. Paladinos Imperiais seguem piamente a doutrina escrita no Código de Guerra, e depositam no imperador a mesma fé que tem em Heironeous.


Regras

Paladinos Imperiais não recebem magias, em vez disso ganham certos benefícios para recompensar, e a habilidade de Destruir o Mal é substituída.
-Intimidar passa a ser uma pericia de classe.
- O bônus base nos testes de vontade se torna tão bom quanto o do clérigo.
- A habilidade de expulsar mortos vivos se torna tão efetiva quanto ao do clérigo.
- Ganham o Arquétipo Holy Warrior apresentado no livro Complete Champion, mas adiciona a lista de novos talentos todos os que tenham o descritor Divino. Exemplo: Escudo Divino, Força Divina, etc


Nível 01
Habilidade original: Destruir o Mal
Habilidade substituta: A Fúria dos Justos

A Fúria dos Justos (Ex): Um paladino imperial pode entrar em um estado de fúria uma vez por dia. Entrar nesse estado de fúria é uma ação livre. Enquanto estiver em fúria, o paladino imperial ganha um bônus de moral de +2 em suas jogadas de dano corpo a corpo. Este bônus aumenta em +1 para cada quatro níveis na classe, +3 no 4º nível, +4 no 8º nível, até um máximo de +7 de 20º nível. O paladino permanece nesta fúria por 1 rodada + o modificador de carisma (mínimo 1). No 5 º nível, e a cada cinco níveis de classe, o paladino pode entrar neste estado de fúria uma vez adicional por dia. O paladino imperial que selecionar esta substituição nunca ganha qualquer uso diário de destruir o mal.

3 comentários:

  1. Leonardo Viera Andrade21 de julho de 2011 09:40

    Ei Odin! Quando te mandei o e-mail eu mandei a descrição da habilidade Fúria dos Justos que não tinha sido corrigida e que ainda estava bruta. Se pudesse trocar por essa aqui de baixo, que é a corrigida, eu ficaria muito grato!

    A Fúria dos Justos (Ex): Um paladino imperial pode entrar em um estado de fúria uma vez por dia. Entrar nesse estado de fúria é uma ação livre. Enquanto estiver em fúria, o paladino imperial ganha um bônus de moral de +2 em suas jogadas de dano corpo a corpo. Este bônus aumenta em +1 para cada quatro níveis na classe, +3 no 4º nível, +4 no 8º nível, até um máximo de +7 de 20º nível. O paladino permanece nesta fúria por 1 rodada + o modificador de carisma (mínimo 1). No 5 º nível, e a cada cinco níveis de classe, o paladino pode entrar neste estado de fúria uma vez adicional por dia. O paladino imperial que selecionar esta substituição nunca ganha qualquer uso diário de destruir o mal.

    ResponderExcluir
  2. Já está trocado, nobre amigo!

    ResponderExcluir
  3. Leonardo, mais Greyhawk, mais Greyhawk!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    heheheh

    Bom texto, parabéns e mais Greyhawk!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir