segunda-feira, 27 de junho de 2011

Orcs de ASGARD RPG

Como nenhum RPG de fantasia pode existir sem eles, trago-vos os nefastos orcs de ASGARD RPG.

Orcs são criaturas fortes e impiedosas, de pele esverdeada e cerca de 1, 80 de altura, com feições selvagens e muitas vezes desfiguradas. Eles habitam florestas escuras e montanhas sombrias ou qualquer lugar que possam dominar. Possuem um grande ódio de anões e elfos e consideram que todo o território que conseguirem avistar é seu por direito. Gostam do confronto direto, mas como carecem de qualquer senso de honra, nunca lutam sozinhos contra oponentes potencialmente mais fortes, e se divertem torturando e humilhando seus inimigos cruelmente. Os orcs de Niflheim são mais inteligentes e talvez até mais malignos que os orcs comuns, sendo os soldados mais especializados de Niflheim, o reino dos mortos. Possuem a pele negra e os olhos amarelados, que refletem grande malícia e crueldade. Normalmente estão equipados com armaduras melhores (roubadas de inimigos tombados) e são capazes de criar estratégias de combate bastante eficientes.

ORC
TENDÊNCIA: Sádico
PV: 15
INICIATIVA: 0
DEFESA: 12
REDUÇÃO DE DANO: 3 (Couro Rígido)
ATAQUE: +2 (Machado de Lâmina Larga)
DANO: 3d6 + 6
RESISTÊNCIAS: Vigor (+4), Força de Vontade (0), Esquiva (0)
PERÍCIAS SIGNIFICATIVAS: Sobrevivência + 6
ESPECIAL: Nada

ORC DE NIFLHEIM
TENDÊNCIA: Sádico
PV: 20
INICIATIVA: +1
DEFESA: 16
REDUÇÃO DE DANO: 4 (Camisa de Cota de Malha)
ATAQUE: +8 (Machado de Lâmina Larga)
DANO: 3d6 + 8
RESISTÊNCIAS: Vigor (+6), Força de Vontade (+1), Esquiva (+1)
PERÍCIAS SIGNIFICATIVAS: Sobrevivência + 6
ESPECIAL: Nada

ORC SHAMAN
TENDÊNCIA: Sádico
PV: 20
INICIATIVA: +1
DEFESA: 15
REDUÇÃO DE DANO: 4
ATAQUE: +2 (machado de guerra)
DANO: 2d6 + 2
RESISTÊNCIAS: Vigor (+ 4), Força de Vontade (+4), Esquiva (+ 2)
PERÍCIAS SIGNIFICATIVAS: Conjurar Magias + 6, Furtividade +8, Conhecimento (Natureza) + 8
ESPECIAL:
Pontos de Mana: 8
Conjurar Magias Druídicas: orcs shamans conjuram magias como um druida de 1º nível

8 comentários:

  1. Gostei do conceito, ficou bem legal. Pela ficha do adversário, não teremos recompensas em XP por inimigos derrotados mesmo?

    ResponderExcluir
  2. Bem observado, nobre amigo. A experiência em ASGARD RPG é dada de acordo com a importância dos feitos realizados e de acordo com a interpretação dos personagens. No início do livro, há uma tabela com uma sugestão sobre como distribuir a experiência ao fim de cada jogo.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito desses orcs! os básicos podem ser derrubados com um (bom) golpe de espada de duas mãos, mas ele pode também derrubar um guerreiro com dois ou três golpes. Acho isso legal, porque incentiva o grupo a planejar melhor, evitando aquelas situações cômicas onde um guerreiro experiente trucida sozinho uma tribo de 50 orcs.

    E o lance da xp também é muito legal. Não sou muito fã de calcular xp em rpg de mesa como se faz em mmorpgs.

    ResponderExcluir
  4. Sobre XP, eu uso o esquema parecido do BESM + Storytelling.

    Sendo que dou ponto igual ao Storytelling, normalmente indo de 2 a 5, aí mutiplico isso 10% do XP atual de cada personagem.

    Parabéns pelo conteúdo. Estou colocando seu banner no Reduto do Bucaneiro!

    ResponderExcluir
  5. Fizestes apontamentos muito interessantes sobre a verossimilhança no jogo, Black Knight. Ao que parece, tu e RafaelKain possuem uma idéia semelhante à minha sobre como a experiência deve ser distribuída ao fim de uma sessão de jogo.

    E grato por teus cumprimentos, nobre Bucaneiro! Hei de colocar tua flâmula nos Salões de Valhalla.

    ResponderExcluir
  6. Realmente muito bom, tambem não gosto do efeito "Quanto vale esse monstro Lombarde? Silvio este monstro vale 5.000 XP! Valendo um monstro no valor de 5.000 XP..."

    Acharia bom se houvesse alguns traços de personalidades ou backgrounds para se ter uma base interpretativa dos nove reinos!

    Quanto a criatura em si concordo com o black Knight eles não tem trocentos PVs mas causam um dano bem severo!

    ResponderExcluir
  7. Sigo a mesma ideia dos livros do Mundo das Trevas:

    * Automático
    * Curva de Aprendizado
    * Interpretação
    * Heroísmo
    * Sabedoria
    * Êxito

    Com isso, o jogador terá de 1 a 6 pontos. Pegarei esse valor e muitipiclare por (Nível x100 XP)

    Exemplo, um personagem de 11º nível que tenha conseguido os 6 pontos terá a quantidade de:

    11x100x6 = 6.600 XP

    Para o Melhor Jogador da Mesa (uso a ideia do Mouse Guard, ou seja, aquele que foi A PEÇA mais importante no andamento da história), eu uso um multiplicador de 120 xp por nível.

    Além disso, eu permito que todos rolem um D100 XP's adicionais, para evitar que todos temam valores iguais e principalmente, classes conjuradoras tenham XP para gastar em suas criações.

    Eu uso esse esquema no D&D!

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito de tua idéia, grande Bucaneiro. Em um grupo maduro está é uma ótima maneira de distribuir experiência.

    E não te preocupes, nobre Falcão: Há um pequeno capítulo sobre os Nove Mundos em ASGARD RPG, e todos os monstros existentes foram adaptados ao cenário. Em breve, o livro Nove Mundos será lançado, e este definirá de maneira clara e suficientemente completa todos os fundamentos deste novo cenário.

    ResponderExcluir