quinta-feira, 7 de abril de 2011

A morte de um guerreiro

Scott Columbus, integrante da banda Manowar, e um dos mais poderosos bateristas do heavy metal de nossa era, morreu dia 5 de abril, nos Estados Unidos com 54 anos de idade.

As causas da morte não foram reveladas. Columbus era famoso por tocar com a mão esquerda, e seus instrumentos, chamados por ele de "tambores de guerra", possuíam uma técnica bastante peculiar, e apresentavam uma sonoridade e poder dignas de um berserker de Valhalla.
No site do Manowar, a banda colocou a seguinte mensagem:

“É com grande tristeza que anunciamos o falecimento de nosso irmão Scott Columbus. Ele era um talento e indivíduo raro. Um pai, amigo e irmão do Metal. Todos os grandes momentos que passamos juntos no estúdio, em nossas casas e na estrada ficarão em nossos corações e memórias para sempre. Essas palavras são ditas com nossos corações pesados. Mas nos conforta saber que ele está em um bom lugar e em paz. Nunca será esquecido.

Sua família e irmãos,Joey, Eric, Karl, Donnie”


De fato, este nobre guerreiro do metal nunca será esquecido. Que ele descanse em paz, e o som de seus poderosos tambores de guerra ecoem imponentes por tosos os cantos dos Nove Mundos.

9 comentários:

  1. Minha saudação silenciosa, com o caneco erguido.

    ResponderExcluir
  2. Que Scott descanse em paz e que seu nome não seja esquecido...

    ResponderExcluir
  3. Deveras...

    Jamais esquecemos nossos irmãos do metal.

    ResponderExcluir
  4. "If I should fall in battle
    My brothers, who fight by my side
    Gather my horse and weapons
    Tell my family how I died..."

    ResponderExcluir
  5. Scott Columbus Rest in Valhalla Brother of Metal!

    ResponderExcluir
  6. Uma vida que leva o encanto da música aos outros nunca é desperdiçada. Sua existência continuará por meio de suas entusiásticas batidas grande Scott.

    ResponderExcluir