domingo, 27 de fevereiro de 2011

Reinos de Elgalor: Magos

Saudações, sábios conjuradores!

No blog Reinos de Elgalor, estou escrevendo uma série de pergaminhos que trazem pequenas alterações nas classes e raças básicas de D&D para adptá-las melhor ao cenário. Como estes pergaminhos obtiveram boa vizualização, trago neste marcador alguns deles aos Salões de Valhalla.

Para começar, falaremos dos mestres da magia arcana no mundo de Elgalor.

Em Elgalor magos são os mestres supremos da magia arcana, e conquistam este poder após longos anos de estudo. Ao contrário de feiticeiros, eles não possuem um familiar que os acompanha de perto, mas tem em seu cajado um instrumento poderoso, quase tão importante para ele quanto a espada de um guerreiro.

O cajado de um mago concentra parte de seu poder arcano, e nas mãos de seu mestre é capaz canalizar este poder de forma sutil, mas muito eficiente. Todo aprendiz ao se tornar um mago verdadeiro recebe um cajado e um grimório de seu mestre, e ambos são únicos e intransferíveis; assim, o cajado de um mago só desperta poder nas mãos de seu mestre, e de ninguém mais.

Se desejar, o mago pode transferir o poder de seu cajado para outro cajado (geralmente um cajado mágico recém adquirido) em um ritual que consome 24 horas de estudo e 1000 PO. Todos os cajados conferem a seus mestres os seguintes poderes quando empunhados:

• +2 nos testes de Concentração e Identificar Magia
• Habilidade de conjurar três magias de nível 0 sem limite de uso diário
• +1 em todos os testes de resistência para resistir a magias ou efeitos mágicos
• Raio Arcano: Através de um ataque de toque à distância e de um teste de concentração CD 15, o mago é capaz de lançar através de seu cajado um raio que causa em um alvo dano de 1d6/ cada nível de magia que o mago tenha aberto; assim, o raio arcano de um mago que tenha aberto o 3o nível de magia causa 3d6 de dano, e assim por diante. O mago pode ativar esta habilidade três vezes por dia.

Um mago que esteja sem seu cajado sofre uma penalidade de -2 em suas jogadas de iniciativa, resistências e ataques, além de perder temporariamente os poderes conferidos pelo cajado. Magos/Guerreiros podem optar por utilizar sua espada (ou qualquer arma de uma mão) como foco para seus poderes ao invés do cajado, recebendo os mesmos bônus e penalidades caso esteja sem a arma.

Se um mago for especialista em uma escola de magia, seu cajado confere ainda mais poderes, mas isto será descrito em outro pergaminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário