quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Valquírias, as "Filhas de Odin"

"Tecemos, tecemos a teia da lança, enquanto vai adiante o estandarte dos bravos.
Não deixaremos que ele perca a vida;
As Valquírias têm o poder de escolher os aniquilados...
Tudo é sinistro de se ver, agora,
Uma nuvem de sangue atravessa o céu,
O ar esta vermelho com o sangue de homens, enquanto as mulheres da batalha entoam sua canção".


"Darradarljod" (Passagem das Lanças)

As valquírias são belas donzelas guerreiras que montadas em poderosos cavalos alados e armadas com elmos e lanças, sobrevoavam os campos de batalha de Midgard escolhendo quais guerreiros tombados, dentre os mais bravos, entrariam em Valhala, o Salão de Odin.


Uma vez escolhidos, as valquírias escoltam esses heróis, agora eram conhecidos como Einherjar, para Valhalla. onde eles lutariam todos os dias e festejariam todas as noites em preparação ao Ragnarok, quando ajudariam a defender Asgard na batalha final, em que os deuses e homens morrerão. Devido a um acordo de Odin com a deusa Freya, a líder das valquírias, metade desses guerreiros e todas as mulheres mortas em batalha eram levadas para o palácio da deusa.

As Valquírias cavalgavam nos céus com armaduras brilhantes e muitas vezes têm a permissão de Odin para ajudar a determinar os vitoriosos em batalhas e o curso das guerras. Quando um mortal se destaca por sua honra e coragem no campo de batalha, seu exército normalmente é favorecido pouco antes dele ser levado à Valhalla.

Em algumas ocasiões, as Valquírias também atuam como mensageiras, e quando cavalgavam como tais, suas armaduras faiscavam causando o fenômeno atmosférico hoje conhecido pelos mortais como Aurora Boreal.

As Valquírias originais eram Brynhild, Sigrun ("runa da vitória"), Kara, Mist, Skogul ("batalha"), Prour ("força"), Herfjotur ("grilhão de guerra"), Raogrior ("paz dos deuses"), Gunnr ("lança da batalha"), Skuld ("aquela que se torna"), Sigrdrifa ("nevasca da vitória"), Svana, Hrist ("a destruidora"), Skeggjold ("machado de guerra"), Hildr ("batalha"), Hlokk ("estrondo de guerra"), Göll ("grito da batalha"), Randgrior ("escudo de paz"), Reginleif ("herança dos deuses"), Rota ("aquela que causa tumulto") e Göndul ("varinha encantada").

9 comentários:

  1. Excelente post, Odin. Obrigado por nos brindar mais uma vez com seu vasto conhecimento.

    ResponderExcluir
  2. ROTA - Aquela que causa tumulto. Eu ri! Quem for de São Paulo vai entender, Rota é uma divisão da polícia como o Bope que costuma atirar mais e perguntar menos.

    ResponderExcluir
  3. Nossa...esses são belos nomes pra se colocar em uma filha!

    ResponderExcluir
  4. Ah, pobres crianças!

    Parabéns pelo post Odin, é sempre bom saber mais sobre a interessante mitologia nórdica... muito bacana o significado da Aurora Boreal...

    ResponderExcluir
  5. Rhorvals Alhanadel, o Ciclone de Aço13 de novembro de 2010 02:43

    Excelente post, Lorde Odin! Será que se eu morrer em batalha uma Valquíria me carregara para Asgard, ou irei para Arbórea?

    ResponderExcluir
  6. Se for de teu desejo, tens lugar garantido em meus Salões, bravo Rhorvals.

    ResponderExcluir
  7. A cada dia luto minhas batalhas e aguardo anciosamente quando chegar a hora de ter meu sangue derramado, que a Valquirias me escoltem para os saloes de Valhalla.

    RPGames Brasil
    http://rpgamesbrasil.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Tu serás bem-vindo aos meus Salões, nobre druida!

    ResponderExcluir