quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Einherjar, os guerreiros de Odin

Saudações, nobres guerreiros!

Trago-vos hoje um pouco de conhecimento sobre meus Einherjar, os guerreiros supremos de Asgard.

Einherjar são os guerreiros que tombaram bravamente no campo de batalha, cujas nobres almas são levadas pelas Valquírias para Asgard. No idioma nórdico arcaico, o nome vem do termo “um-harrier” , que significa “exército de um homem só”. Dentre estes grandes guerreiros, os mais nobres e experientes são enviados para Valhalla, enquanto os menos formidáveis (que ainda assim são guerreiros valorosos) são enviados para Fólkvangr, os Salões de Freya.

Um fato interessante a ser destacado é que guerreiros de toda parte de Midgard são enviados a Asgard caso se provem dignos, e não apenas os nórdicos ou aqueles que cultuam Odin. Assim, o termo “um-harrier” também pode ser compreendido como “homem de um único exército”, pois todos agora fariam parte do exército de Odin, não importando suas etnias ou local de origem.

Ao nascer do sol, os Einherjar são despertados pelo galo Gullimkambi (“crista dourada”) e iniciam um árduo treinamento que visa aprimorar ainda mais suas habilidades com armas e a força de seus espíritos. O treinamento prossegue ao longo do dia inteiro nas planícies de Asgard, envolvendo inclusive caçadas a gigantes do gelo e combates amistosos com alguns deuses. Evidentemente, muitos são os Einherjar que perdem suas vidas durante o treinamento, mas não há rancor algum quanto a isto.

À noite, todos aqueles que morreram são ressuscitados em perfeitas condições, salvo algumas cicatrizes de batalha que são mantidas em honra aos feitos daquele dia. Em Valhalla, todos os Einherjar se unem para uma confraternização, onde se banqueteiam com a carne de Saehrimnir, o javali sagrado cuja carne se renova todos os dias e com a cerveja produzida pelas tetas de Hedirum, uma cabra que fica no alto de Valhalla se alimentando das folhas da árvore Laerad.

Desta forma, quando o derradeiro dia do Ragnarok chegar, os Einherjar representarão a força suprema de Odin, e lutarão lado a lado dos deuses contra os exércitos de gigantes do fogo e do gelo e contra as hordas do inferno.

(Caso algum de vós deseje usar os Einherjar em jogo, combatentes honrados de 16º nível ou mais são enviados para Valhalla quando perecem em batalha, enquanto aqueles que se mostrarem valorosos, mas que ainda não possuem tamanha perícia na arte da guerra são enviados para Fólkvangr.)

Que os deuses da guerra estejam convosco.

6 comentários:

  1. Preciosas informações, sábio Odin! Muito obrigado por compartilhá-las.

    ResponderExcluir
  2. Gronark, Deus do Sofrimento e Canibalismo16 de setembro de 2010 15:34

    HAHAHAHAHAHA, Odin, se esqueceste daqueles Einherjar que corrompi com minha praga hedionda?
    Bem logo após meu alter-ego que está lutando contra seres malditos e vis chamados “provas”. Voltarei com fúria redobrada para destruir e corromper mais dos seus protegidos, velho caolho.
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  3. Lamento pelo infortúnio de teu alter-ego, Gronark. Sei como podem ser vis e nefastos estes malditos inimigos...

    ResponderExcluir
  4. Hahaha, de fato tais seres chamados provas podem ser inimigos terríveis. Odin, obrigada por compartilhar vossa sabedoria e as informações tão interessantes que sempre tem a nos dar. Contudo, acho que nunca aceitarei cerveja se tu me ofereceres aqui em teus salões, perdoe-me a indelicadeza...

    ResponderExcluir
  5. Seu fim se aproxima Odin, e adorarei estar lá para velo morrer no Ragnarok .
    Lembre-se da profecia, você sera morto pelo lobo que eu jerei Fenrir.
    Não se esqueça que ainda estou aqui.

    O FIM SE APROXIMA ODIN, E NÃO SE ESQUEÇA QUE ESCAPAREI DESTA PRISÃO.

    ResponderExcluir
  6. Hail Odin!
    Seus bravos Einherjar darão sangue, suor e espadas quando chegar o Ragnarok!

    ResponderExcluir