quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Halls of the Gods: Corellon Larethian, o senhor dos elfos.

“Nunca dê uma espada a um homem que não sabe cantar; um homem que vive apenas para matar logo encontra a morte e leva consigo diversos de seus aliados. Porém, um homem que celebra a vida e brande com coragem sua arma certamente conduzirá seus irmãos à vitória...”

- Corellon Larethian

Classe: Guerreiro 21/ Mago 30/ Clérigo 15
Tendência: Caótico Bom
Posto Divino: 19 (Divindade Maior)
Domínios: Caos, Bem, Proteção e Guerra
Plano Natal: Arbórea

O líder e mais poderoso entre os Seldarine, as divindades élficas, Corellon Larethian é o deus da Música, Magia e Guerra, assim como o pai de todos os elfos. No início das eras, a deusa Lolth era a consorte de Corellon Larethian, sendo que ambos deram origem à deusa Eilistraee. Após a rebelião de Lolth, que culminou na criação dos elfos negros (aqueles que apoiaram sua tentativa de usurpar o trono de Corellon), Corellon Larethian a baniu para o Abismo, onde ela passou a ser conhecida como a Deusa Aranha e rainha dos Elfos Negros.

Corellon ofereceu na época uma chance de redenção a todos os elfos que seguiram a causa de Lolth, mas estes estavam tão sedentos por poder que recusaram. Furioso, Corellon os amaldiçoou e estes nunca mais conseguiriam andar sob o sol sem sentir uma grande dor, em seus corpos e almas A partir deste momento, eles passaram a ser chamados Drow. Eilistraee, que inadvertidamente colaborou com os planos da mãe, recebeu o perdão de Corellon, mas mesmo assim deixou Arbórea, e passou a trabalhar na redenção de todos os drow.

É interessante lembrar que apesar da confusão de nomes, inicialmente “drow” representava os elfos malignos que servem a Lolth, enquanto Elfos Negros eram aqueles que haviam nascido entre os Drow mais que, ao seguir a doutrina de Eilistraee, não eram maus. Hoje, não há mais clara distinção entre os nomes.

Após a traição de Lolth, Sehanine Moonbow passou a ser a nova rainha dos elfos. Na Grande Guerra que ocorreu entre elfos e orcs, uma luta terrivelmente acirrada entre Corellon Larethian e Gruumsh, o deus dos orcs ocorreu. As lendas contam que em um momento em que os dois poderosos deuses se encontravam em um momento decisivo de seu confronto, que já durava vários dias, a lua brilhou mais forte no céu, fato que aumentou o poder de Corellon por apenas um instante, mas foi suficiente para que o deus dos elfos habilmente arrancasse o olho de Gruumsh com um golpe de sua espada, encerrando o confronto naquele momento.

Neste ponto as lendas diferem quando explicam a causa do brilho repentino da lua. Em uma versão, a lua teria brilhado a mando de Sehanine, que desejava muito ajudar seu amado. Em outra versão, a lua brilhara devido ao poder e fé dos elfos, que durante um breve momento superaram as hordas orcs no confronto que se estendida até no plano material.

Desta forma, Gruumsh e Lolth tornaram-se os maiores inimigos de Corellon e seu povo. Porém, Corellon Larethian conta com outros poderosos deuses como aliados, sendo os principais Yondalla, a mãe dos halflings, Garl Glittergold, o deus dos gnomos e Moradin, o pai dos anões, um jurado inimigo de Gruumsh.

Corellon trata com muita atenção todos os assuntos ligados aos elfos e meio elfos, e ensina a seus seguidores que estes devem aprender a apreciar as verdadeiras belezas da vida (música, poesia e a natureza), mas que devem manter sua habilidade com a espada o mais acurada possível, pois sempre haverá momentos em que será necessário lutar para proteger sua própria liberdade e a daqueles que lhes são caros.

A mais conhecida oração de Corellon Larethian é a Litania das flechas, sempre lida em élfico antes de uma grande batalha. Ela começa com: “Hei-Corellon shar-shelevu…”, que significa “Corellon, por sua graça conceda-nos...”

15 comentários:

  1. Corellon é sem dúvida um grande pai para seus filhos, os elfos. Meu pai Annastrel sempre me ensinou que eu também era sua filha, e eu devia chamá-lo sempre, tanto na hora da batalha quanto nos momentos em que eu entoaria uma canção.

    ResponderExcluir
  2. Lenora, sumo-sacerdotisa de Corellon26 de agosto de 2010 11:33

    Salve Corellon, nosso pai e protetor. Que os elfos e todas as raças que prezam a liberdade possam contar com tua benevolência, e que aqueles que ameaçam os filhos da luz e da natureza sintam o peso de tua espada por meio de nós, vossos filhos, nobre Pai.

    ResponderExcluir
  3. Só uma curiosidade: Lolth faz uma aparição no episódio "Salão dos Ossos" de Caverna do Dragão.

    ResponderExcluir
  4. Galladhon, o Senhor das Lâminas26 de agosto de 2010 13:35

    Corellon Larethian nos lembra daquilo que é realmente importante em nossas vidas: As coisas que amamos e nossa habilidade com a espada, o arco e a harpa.

    Que seu poder e sabedoria esteja sempre presente em nosso sangue!

    ResponderExcluir
  5. Gronark, Deus do Sofrimento e Canibalismo26 de agosto de 2010 15:56

    (desconsiderem o comentário acima, Odin me faz um favor e apague está bem?)
    Deus fraco e afeminado! Precisou que uma mulher o salva-se da ira de Gruumsh!
    Maldita seja, Sehanine Moonbow! Por ter salvado Corellon. E Cereane que seguia essa deusa imunda e salvou mais de uma vez o maldito algoz mouro, se essas vadias não existissem, nós teríamos toda a criação sobre nosso controle!
    Skarr, meu grande aliado, a bruxa imunda e a cigana maldita tiveram uma visão maravilhosa sobre a morte de Coran, e a destruição de Sírhion nas mãos dos orcs!
    Espero algum comentário seu meu grande aliado, e desmembre Rhorvals da mesma forma que desmembraste Thingol. Assim ouviremos o choro daqueles que frustraram nossos planos de conquista!
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  6. Rhorvals Alhanadel, o Ciclone de Aço26 de agosto de 2010 16:15

    Você vai pagar por suas ameaças, animal imundo! E ninguém chama minha mãe de vadia e vive para contar historia. E se achas que temo Skarr por ele ter matado Thingol, então tu estas muito enganado ao meu respeito. Eu sou de clérigo que luta cara a cara, uma coisa que tu e teus capachos esverdeados e corrompidos irão descobrir da forma mais dolorosa!
    Galladhon, obrigado pelo seu grande apoio no julgamento, irmão. Que nossas espadas cortem em pedaços esses covardes assassinos, e aqueles que se escondem por trás desses monstros tambem!

    ResponderExcluir
  7. nessa foto Corellon está parecendo um headbanger, bem diferente do retrato do livro das divindades e semi deuses.

    ResponderExcluir
  8. Sim, que o poder do METAL esteja com todos os elfos...

    Apagarei teu comentário errado Gronark, não te preocupes.

    ResponderExcluir
  9. Esse Corellon é bem melhor que aquele do Divindades e Semi Deuses. O único problema é que ele está muito “Humano” nessa imagem. Você também leu o Races of Wild, Odin? Você não Achou o Gruumsh nesse livro igual a um Bugbear?

    ResponderExcluir
  10. Burne Travers, Inquisidor de St. Cuthbert26 de agosto de 2010 23:23

    Ele é um deus que cuida do seu povo, e merece meu respeito. Somente achei estranho, os elfos tentarem intervir no julgamento, pois não havia um motivo claro para isso.

    ResponderExcluir
  11. Hei-Corellon shar-shelevu Män
    Täure cheb Alya

    Corellon o grande deus elfico

    ResponderExcluir
  12. Belas palavras, nobre Genkaku.

    Leonardo, não li Races of the Wild inteiro ainda, mas realmente, a imagem de Gruumsh lembra mais um bugbear do que um orc.

    ResponderExcluir
  13. Selwyna, a Bruxa da Rosa Negra28 de agosto de 2010 12:23

    Agora percebi que, eu nunca fiz uma oração para Corellon. Apesar de meu pai ser um clérigo do pai do elfos. Eu sempre faço orações a Sehanine, Wee Jas e Ehlenestra. (Ehlonna em élfico)

    ResponderExcluir
  14. Engraçado...eu sempre achei que Corellon tivesse uns niveis de bardo...

    ResponderExcluir
  15. Somos dois hauhauahau muito bom cara esse dos deuses esta fantastico!

    ResponderExcluir