quarta-feira, 21 de julho de 2010

Grandes Heróis de nossa era: Faramir de Gondor

"A guerra deve acontecer, enquanto estivermos defendendo nossas vidas contra um destruidor que poderia devorar tudo; mas não amo a espada brilhante por sua agudeza, nem a flecha por sua rapidez, nem o guerreiro por sua glória. Só amo aquilo que eles defendem."

Saudações, bravos guardiães!

Trago-vos hoje nestes pergaminhos a história de mais um valente guerreiro: o sábio Faramir de Gondor.

O nobre Faramir é o filho mais novo de Denethor, regente do grande reino de Gondor. Irmão do bravo Boromir, ambos lutaram com grande vigor e bravura durante anos para proteger seu reino das forças de Sauron, o Senhor do Escuro. Apesar de constantemente humilhado por seu pai, Faramir eram muito amado e respeitado pelo povo de Gondor, e tinha uma forte amizade com seu irmão Boromir.

Faramir era membro e líder dos Guardiães de Ithilien, a força de elite do exército de Gondor, formada pelos melhores rangers do reino. Sua coragem e habilidade na guerra igualavam-se às de seu irmão Boromir, apesar de seu irmão ser considerado por todos, inclusive por Faramir, como o grande Campeão de Gondor. Faramir era um senhor austero e resoluto,e no entanto sábio e bondoso. Ele lutava por motivos superiores que simplesmente poder e glória,sendo por isso um líder que os homens da Guarda de Gondor seguiriam até o mais amargo fim.

É interessante notar que Faramir sempre se descrevia como alguém menos corajoso, forte e capaz que seu valoroso irmão, mas Boromir não concordava com isso, e respeitava muito seu irmão, não apenas por sua capacidade como guerreiro e capitão, mas por usa grande sabedoria e humildade.

Durante a última retirada de Osgiliath, Faramir foi ferido mortalmente pelas forças de Sauron, e quase foi queimado vivo por seu pai, que havia perdido praticamente toda sanidade naquela ocasião. Graças ao hobbit Pippin e ao arquimago Gandalf, Faramir foi salvo da fogueira na qual seu pai encontrou sua triste sina.

Durante sua estadia nas Casas de Cura de Gondor, o nobre guerreiro foi trazido à saúde por Aragorn,e conheceu Éowyn, Senhora Branca de Rohan,com quem casou-se após o término da Guerra do Anel. Como retribuição por seus serviços, Aragorn, quando subiu ao trono de Gondor, nomeou Faramir príncipe de Ithilien e os dois heróis uniram suas espadas em defesa dos povos livres da Terra-Média em diversas batalhas contra as forças remanescentes de Sauron.

Durante a Guerra do Anel, Faramir foi um dos poucos homens que resistiram plenamente ao nefasto poder do Anel. Nas palavras do sábio guerreiro:

"...Somos sinceros, nós, homens de Gondor.Raramente nos vangloriamos, e então confirmamos nossas palavras, ou morremos na tentativa. Nem que o encontrasse,o tomaria. Mesmo que fosse um homem que desejasse esse objeto, e mesmo que não soubesse direito de que se tratava quando falei, ainda honraria minhas palavras como um juramento, e me pautaria por elas..."



Faramir e Boromir (Loser - 3 doors down)

7 comentários:

  1. Faramir é um de meus personagens favoritos na saga do anel! E acho que ele e Éowyn formam um belo casal...

    ResponderExcluir
  2. Eu sou muito mais o BOROMIR, isso falando dos irmãos, mas o meu preferido é o Sam esse sim é o cara!
    Não era guerreiro, não era mago, não era porra nenhuma, na verdade era sim era cozinheiro.
    O cara me impressiona, pois não era nada, mas matou laracna, meteu porrada nos orcs, arrastou a porcaria do frodo, colocou tirou zuou o anel e depois devolveu na boa!
    Esse é o cara SAM WISE GAMBI!

    ResponderExcluir
  3. Gronark Deus do Sofrimento e Canibalismo21 de julho de 2010 14:03

    Já que a Éowyn perdeu o Aragorn para a elfa, ela pegou o Faramir como premio de consolação.
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  4. Ele é muito bom, mas sempre achei o Príncipe Imrahil o cara. Já expliquei isso noutro comentário, mas o cara só bateu o olho e reconheceu Aragorn como o rei. Foi junto com ele até o portão negro e tudo mais.

    Mas concordo com o Mnar, sem Samwise a terra média estaria em trevas perpétuas. Viva o Sam!

    ResponderExcluir
  5. Algumas cenas eu não lembro de estarem nos filmes da trilogia do Senhor dos Aneis. De onde são?

    ResponderExcluir
  6. Precisamente...

    E concordo convosco: Samwise é realmente muito importante na trama, mostrando que o que faz um herói é sua coragem e compaixão, não seu poder.

    O nobre Príncipe Imrahil também é um personagem deveras especial, que eu gostaria muito de ter visto mais ao longo desta grande contenda.

    ResponderExcluir