segunda-feira, 5 de julho de 2010

Contos de Asgard 17: O Início (parte II)

Por Willian Guilherme

(Quem tiver interesse em entrar em contato com o autor, basta escrever um comentário)

Torganus e Elion,sobem e avistam um esqueleto dormindo,resolvem não ataca-lo,então descem as escadas e encontram com Volkner em uma sala vazia,Volkner da um grito de susto,A sala tinha algumas estantes de livros,mais nada.O Esqueleto chega correndo falando alguma coisa que o mestre iria acordar.
-Mas quem é teu mestre?Pergunta Elion
-Não sei dizer,nunca vi ele,só as mãos e o pé esquerdo,mas me da calafrios quando fico perto dele,e ele me conjurou.
Elion,pega um livro e abre um buraco no chão.O Grupo pede informações sobre o “mestre” do esqueleto.Ele ao fala muitas coisas,e pede a corda a Torganus,Torganus entrega,ele amarra e fala para tomarem cuidado com as armadilhas.
O esqueleto fala que ele tem um inimigo chamado Nym,Elion analisa e chega a resposta,ele é um Necromante.O Esqueleto completa falando o nome dele,Muf-Maluf,E ele ainda falou que Nym está preso,para abrir a cela dele é só pegar aquele livro com desenho de uma cela.Então,Elion pega este livro e uma parte da parede cai.Nela tem um Halfling,magro,chorando.O Esqueleto fala que aquela é uma ilusão dele,e pergunta se Elion tem um Focus de Luz,Elion responde que sim,então Elion põe a mão no ombro de Nym,então eis que surge um Homem,alto,cabelos negros,esbelto e olhos azuis.
-Ah... quem são vocês,porque me ajudaram?Diz Nym meio atordoado
-Eu sou Volkner,Aquele é Elion e Torganus e aquele é... cadê o esqueleto?
-Ele fugiu,e com minha corda,talvez de medo ou foi avisar para seu mestre sobre nos.Fala Torganus apontando o buraco.
-Obrigado por me ajudarem,mas agora vou matar Maluf!
-Iremos com você,tudo bem?
-humpf... tudo bem.
Então todos chegam perto do buraco,é muito alto para pular,então Torganus oferece que ele leve todos na sua escalada,mas Nym fala de sua Levitação e Volkner que sabe escalar.Então Elion vai com Torganus e Volkner com Nym.

Torganus e Elion se esborracham no chão,ouve-se um grito de dor,então Nym e Volkner vão rapidamente descer,descem sem dificuldade.

Elion estava sangrando,Torganus falou que ele caiu em uma ponta e se feriu,então Torganus tentou curá-lo mas só conseguiu acordar ele.Então Nym conseguiu curá-lo completamente.

Muf-Mulaf estava lá,Nym cerra os punhos e fala para todos atacarem com toda a sua força.
-Vocês vão todos MORRER! Minha Horda de esqueletos já avistou a cidade de Konos e ira destroná-la e eu serei o rei.Grita Maluf para todos.

Maluf Conjura 3 esqueletos para acabar com os aventureiros.Torganus ataca um dos esqueletos,seu martelo pegou de raspão.Então Volkner ataca o outro com seu Machado Anão,Co só um golpe conseguiu destroçar o esqueleto.Nym acaba com o outro esqueleto,então Maluf explode o outro esqueleto.

Então Volkner pega seu dente de Dragão e ataca ferozmente o Necromante.Maluf revida seu ataque e pega seu cajado e da um golpe na barriga de Volkner.Quando Maluf ataca Volkner Torganus entra em fúria,mas Nym segura-o e propõe que atacassem com Magia.
-Ah!estão zombando de mim?ficar decidindo que atacara na minha frente?
-Você disse que nossos ataques eram mais fortes...mas se acha que consegui feri-lo ferozmente vá em frente.
-É melhor Elion atacar,ele está curado.Diz Torganus vigiando Maluf
-Então Elion?
-Vou atacar com “Raio”,aconselho saírem de perto de mim.
Então todos saíram de perto,Elion consegue conjurar a magia e acabar com Maluf.

Então Nym abandona o grupo.depois de 3 horas para chegar a cidade o rei foi morto,ninguém sabe por quem,a horda de Maluf foi destruída,então o príncipe pede ao grupo que investigue o assassinato,mas depois de saberem que Torganus é um Assassino dos Elfos eles o prendem e não querem ouvir Volkner nem Elion.

10 comentários:

  1. Gronark Deus do Sofrimento e Canibalismo5 de julho de 2010 13:32

    SIM, SIM, SIM, histórias de sofrimento, dor, vingança e abuso contra mulheres e traição, se eu possui-se um coração ele estaria palpitando de alegria agora, sim traga mais disso para mim meu bom Bate-Estacas Nórdico, isso me traz grande alegria, foi quase tão bom quando Edgar degolou a sobrinha do Rei Elfo, já que eu sou o único verdadeiro vencedor dessa guerra.
    Seu reinado está destruído, seus campos queimados, as viúvas e suas crianças esmolam por um pedaço de pão, e eu Gronark, me saboreio no sofrimento de seu povo, quase como se fosse uma jovem e virgem donzela élfica, sendo violada e devorada logo em seguida em meu nome e de meu mestre em um hediondo ritual.
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  2. Thor, o Deus do Trovão5 de julho de 2010 17:46

    Tu és um animal imundo, Gronark, e eu QUASE tenho pena de ti quando cruzarmos nossas armas no campo de batalha. Mjolnir há de fazer um estrago "hediondo" em teu corpo.

    ResponderExcluir
  3. Gronark Deus do Sofrimento e Canibalismo5 de julho de 2010 19:16

    Você faz muitas bravatas para quem já se vestiu de noiva, apanhou de uma velhinha que representava o tempo, deixou seu carvalho sagrado ser cortado pelos cristãos, não ajudou seu povo quando ele mais precisava, e levou uma tremenda surra de alguém que usa CUECAS por cima das calças (Superman), você só é algo com seu martelo e se não fosse por teu cinto mágico você nem levantá-lo conseguiria, conheço todos os seus segredos Thor todos.

    ResponderExcluir
  4. Thor, o Deus do Trovão6 de julho de 2010 00:37

    Para um covarde que fez fama matando mulheres e crianças, tu também fazes muitas bravatas, Gronark. Não abra tua boca imunda para despejar tua ignorância abjeta nos Salões de meu Pai achando que estás compartilhando grandes pérolas de conhecimento.

    As lendas do povo nórdico que seguia Odin durante os primórdios de Midgard eram apenas passadas de forma oral, de pai para filho ou através de escaldos. As histórias patéticas a que te referes foram escritas entre os séculos VIII e X, por monges que escaparam de saques realizados por vikings. Todas as histórias escritas da mitologia nórdica são cômicas, ridículas e sem sentido. Em uma delas, por exemplo, Loki passou uma noite "ardente" com uma ÉGUA e depois ele próprio pariu Sleipnir. Anos mais tarde a história foi modificada, e a égua passou a ser um cavalo...

    Durante a expansão do cristianismo, as crenças que não puderam ser destruídas foram deturpadas e ridicularizadas. Um exemplo bastante conhecido disso é o "demônio" cristão chamado Baphomé; Este nome foi criado na época das primeiras cruzadas, como uma corrupção do nome Maomé, afim de associar o profeta mulçumano ao diabo.

    Mjolnir só pode ser usado por mim ou por meu pai. Não preciso do cinturão de Megingjord para erguê-lo, apenas para usá-lo em combate, uma vez que Mjolnir pesa mais de duas toneladas.

    Por último e menos importante; eu JAMAIS fui derrotado pelo paladino de cuecas vermelhas.

    ResponderExcluir
  5. Gronark Deus do Sofrimento e Canibalismo6 de julho de 2010 00:55

    Se você acha que não foi derrotado (eu estava torcendo pra você nessa) olhe aqui e mostre a todos nos salões. http://superherouniverse.com/articles/fights-thor-superman.htm

    ResponderExcluir
  6. Sagramor, o Libertador6 de julho de 2010 13:05

    Apenas por questão de curiosidade:

    Meu alter-ego (gostei do termo...) é um grande fã de quadrinhos e disse que esta produção (Vingadores versos Liga da Justiça) ficou quase dez anos no limbo por causa de divergências entre editores das duas empresas envolvidas, a Marvel (Thor) e DC (Superman).

    Entre as exigências feitas pela DC para que Kurt Busiek (escritor dos Vingadores) pudesse escrever a história era que Superman e Batman não poderiam ser derrotados em combate singular contra Thor e Capitão América. Eles permitiram que ficasse sutilmente evidente a superioridade do Capitão em relação à Batman no combate não encerrado dos dois, mas não permitiram NENHUMA menção ou cena que insinuasse que Thor ou Hércules eram tão poderosos quanto Superman.

    Por isso o homem de aço apenas caiu DEPOIS de derrubar Thor, e somente pelo poder combinado de Hércules e mais três outros vingadores bastante poderosos.

    ResponderExcluir
  7. Thor o Deus do Trovão6 de julho de 2010 13:13

    ...

    ... Por Asgard, eu não sabia que tinha enfrentado o Filho de Krypton.

    De qualquer forma, os fatos são inegáveis; o paladino me derrotou em uma luta justa, e agora só me resta ir atrás dele e buscar uma revanche.

    Grato por me avisar deste fato, Gronark (o alter-ego mortal de meu pai não acompanha estas sagas há quase dez anos, e está deveras desatualizado). Ao contrário do teu, grande Sagramor.

    Assim que resolver minha contenda com o nobre filho de Krypton, acertarei minhas contas contigo, Gronark.

    ResponderExcluir
  8. Imperador Vernard Vardalon Algoz de Hextor6 de julho de 2010 14:11

    Realmente concordo com Sagramor, eu sempre achei a DC muito orgulhosa com os heróis dela, para mim somente 2 historias foram boas.
    1 A Morte do Superman, nessa ele tem que lutar sozinho contra um ser MUITO mais forte que ele, sendo que o vilão derrotou sozinho a Liga da Justiça ( incluindo o Superman ), eu gostei da historia porque realmente retrata o heroísmo e sacrifício dele perante um inimigo imbatível.
    2 O Reino do Amanha, porque retrata um futuro sombrio, onde os novos heróis e vilões não são tão diferentes, fazendo a liga voltar a ativa para tentar restaurar a ordem.

    ResponderExcluir
  9. Ghaladon, o Senhor das Lâminas6 de julho de 2010 15:27

    Concordo com Vardalon, e acrcentaria à lista a Saga "Crepúsculo Esmeralda", que mostra a queda de Hal Jordan.

    ResponderExcluir
  10. Imperador Vernard Vardalon Algoz de Hextor6 de julho de 2010 18:20

    Ghaladon e Sagramor, eu vejo que também são apreciadores de quadrinhos, de uma olhada nos contos de Ares no link abaixo, os contos apesar de ser sobre Ares, também pode ser retratado como Hextor, já que ambos têm a mesma visão sobre a guerra e o modo de se tratar seus companheiros, e espero seus comentários.
    http://www.actionsecomics.net/2009/11/vingadores-sombrios-ares-1.html

    ResponderExcluir