segunda-feira, 17 de maio de 2010

Grandes Heróis de nossa era: Gandalf, o Cinzento

Saudações, nobres almas.

Trago-vos aqui um pouco da história de mais um grande herói e defensor dos povos livres. O sábio e poderoso mago, mais comumente conhecido como Gandalf, o Cinzento.

Gandalf, o Cinzento, é um Istari, como são conhecidos os magos de linhagem celestial na Terra-Média. Junto com outros Maia (espíritos semelhantes à semi-deuses)
Gandalf foi enviado à Terra Média para ser um dos conselheiros dos homens e impedir que a escuridão de Sauron voltasse e escravizasse todos os povos livres.

Durante a Terceira Era, foi realizada uma reunião entre os Valar (divindades intermediárias bondosas) sobre o que fazer com relação ao mal que estava para retornar com força à Terra-Média. A conclusão da reunião foi enviar seres de sua elevada ordem para combater o novo Senhor da Escuridão.

Foram então selecionados cinco Maiar para a viagem. Como líder foi escolhido Curunnír, conhecido por Saruman, sendo este o primeiro a desembarcar nos Portos Cinzentos. Além deste, outros dois magos, Alatar e Pallando, os Magos Azuis, também desembarcaram. Foi enviado também Radagast, um mago muito semelhante aos druidas, e por último, Gandalf, o Cinzento.

Quando Gandalf desembarcou na Terra-Média, Círdan, o Senhor dos Portos, lhe entregou o Anel de Fogo, Narya, um poderoso artefato élfico.

Durante a Guerra do Anel, Gandalf se deparou, nos Salões de Moria, com um Balrog, um poderoso demônio do mundo antigo. Após uma árdua batalha, que fez com que o mago e seu inimigo atravessassem as profundezas de Moria, Gandalf vence o Balrog na Torre de Durin, mas morre logo em seguida.

Após a morte, o espírito de Gandalf foi levado até os Salões de Mandos, onde Mandos permite a Gandalf que volte em um mesmo corpo para cumprir sua missão na Terra-média. Renasce, então, e é levado por Gwaihir, Senhor dos Águias, até Lothlórien, um reino élfico.

Devido à sórdida traição de Saruman, o antigo mago branco e líder dos Istari, Gandalf é escolhido para ser o novo líder da ordem, e passa então a ser conhecido como Gandalf, o Branco, tornando-se então o mais poderoso e sábio mago de toda Terra Média.


Gandalf versus the Balrog (Nightfall - Blind Guardian)

3 comentários:

  1. Belo Post amigo Odin! Gandalf foi realmente um grande mago! E a música Nightfall, uma das melhores que já ouvi. Alias o CD Nightfall in Middle Age do Blind Guardian é inteiro muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Tens razão, meu amigo.

    Nightfall in Middle-Earth é um ótimo trabalho!

    ResponderExcluir
  3. Realmente, belo post sobre o mago dos magos, grande Odin... e os bardos do Blind Guardian, como sempre, nos trazem uma canção deveras inspiradora...

    ResponderExcluir