quarta-feira, 14 de abril de 2010

Clérigos: Os sábios discípulos dos Deuses

Saudações, bravas almas.

Que hoje os Salões de Valhalla homenageiem os discípulos dos Deuses, estas nobres almas que dedicam suas vidas a um caminho de luz, sabedoria e bravura. Que as trombetas hoje soem em honra a todos os clérigos e sacerdotes dos Deuses da luz. Aqui vos descrevo o que é esperado por nós, Deuses da Honra e da Justiça, de nossos nobres discípulos.

1) Pense por si próprio: A sabedoria dos Deuses está sempre a vosso alcance, todavia, não use nossos ensinamentos como uma bengala. Saiba tomar vossas próprias decisões.

2) Assuma responsabilidade por teus atos e por teu mundo: Que mil tempestades recaiam sobre a cabeça de quem, após uma desgraça disser: “nada podemos fazer, pois essa era a vontade do Grande Odin”. Jamais demonstrem resignação. Que tuas palavras incitem as pessoas a lutar, e não a se prostrarem. Vós sois nossos campeões sagrados, portanto, comportem-se como tal.

3) Aja sempre com virtude: Como representantes dos Deuses, os mais fracos e perdidos freqüentemente usarão tua conduta como guia, mesmo que este não seja teu desejo. Assim sendo, cuide para que tuas palavras sejam sempre sábias, e que tuas ações sejam sempre justas.

4) Jamais incentive a fé dogmática: Que dez mil tempestades recaiam sobre quem ousar manipular a fé dos simplórios e tolos usando meu nome. A fé cega traz apenas ignorância, demência e servidão. Este não é o desejo de nenhum Deus bom que honre sua posição.

5) Incite a Fé da ação: Que teu exemplo sirva para que todos saibam que a força para lutar e que a salvação está dentro de cada um de vós. Como nossos discípulos, vos sois responsáveis por tornar as pessoas mais fortes, e fazê-las perceber que a força dos Deuses estará sempre com aquele que vive em honra e virtude.

6) Auxilie os seguidores de outros Deuses bons: Tolo é aquele que julga que apenas seu Deus é merecedor de respeito e devoção. Colabore sempre com boa vontade e determinação com seguidores de outros Deuses que também representam a Luz. Este é o caminho mais sincero e honrado para se atrair mais seguidores e respeito para vossa causa.

7) Proteja os inocentes, cuide dos desamparados, mas não torne-se uma bengala: É teu papel primordial proteger inocentes, tratar dos feridos e banir as forças do mal. Todavia, o clérigo sábio fornece abrigo em horas de necessidade, mas se preocupa também em ensinar aos mais fracos e humildes a tornarem-se fortes e justos.

Lembrai por fim que os Deuses nada farão por aqueles que nada fazem: O poder divino estará sempre com o clérigo que cuida dos feridos, com o guerreiro que protege inocentes, ou com o bárbaro que esmaga seus inimigos; todavia, ele jamais estará com aquele que se limita a orar e implorar por salvação. Os Deuses estão junto a todos aqueles que lutam com por seus ideais e por aquilo que lhes é caro, nunca com o tolo covarde que se esconde atrás de orações.

Se tu és também um nobre discípulo dos Deuses, ou se já teve teus ferimentos e espírito curados por estas sábias almas, registra aqui tua história.

7 comentários:

  1. Lenora, sacerdotisa de Corellon15 de abril de 2010 01:49

    Honorável Odin, belas são tuas palavras. Que os deuses da bondade sempre estejam conosco, não para nos levar pela mão durante nossas vidas, mas para iluminar nossos caminhos em direção ao bem e à luz.

    ResponderExcluir
  2. Elisa, clériga de Pelor15 de abril de 2010 01:54

    Tuas palavras ressoam a mim como os ensinamentos de Pelor, bom Odin. Que elas possam ecoar pelos teus salões e por nossos mundos, para que possam ser ouvidas e compreendidas em sua simplicidade e verdade. A fé sem ação, a oração e o serviço sem altruísmo e amor realmente não são válidos. Pelor nos ensina a cuidar de nossos semelhantes, a amá-los e respeitá-los. Respeitar incluí não aleijá-los em suas capacidades com dogmas e regras insensatas, mas sim ensiná-los a serem livres e capazes para viverem suas vidas com dignidade e amor.

    ResponderExcluir
  3. Sábias são vossas palavras, nobres clérigas; Tenho certeza que vossos Deuses se orgulham muito em vos ter entre suas fileiras.
    Que vossa atitude consciente e virtuosa sirva de exemplo a todos os discípulos dos Deuses, em Asgard, Midgard e em todos os planos de existência.

    ResponderExcluir
  4. Richard Pendragon, clérigo de Bahamut15 de abril de 2010 08:35

    Saudações, grande Odin.

    Sou um tanto suspeito para falar, mas concordo plenamente com tuas considerações. Ao longo de meus anos de serviço ao sábio Bahamut, foram muitas as vezes em que busquei sua sabedoria e conhecimento, porém, a decisão sobre o que fazer com as informações obtidas coube sempre a mim.
    Que todos nós clérigos entendamos muito bem esta lição: Os Deuses da Luz não querem gado servil, querem pessoas fortes que saibam caminhar com virtude e dignidade.

    ResponderExcluir
  5. Oyama, monge que toma umas breja com moradin às vezes20 de abril de 2010 09:40

    O que seria dos grandes guerreiros sem a ajuda inquestionável dos nossos valorosos amigos clérigos. Que eles continuem ralando seus joelhos em homenajem aos deuses e que continuem colocando as nossas articulações no lugar depois de uma boa briga.

    MORRAM MALDITOS ORCS!!! ... POR MORADIN!!!!

    ResponderExcluir
  6. Eu como clerigo do grande Morandir, tenho q disser q este posta mostra tudo o q um bom clerigo eh, parabens pela materia grande Odin esta muito bom, tomei a liberdade de post esta materia tbm no meu blog, parabens pelas otimas materias cara ate depois!!

    ResponderExcluir
  7. Que Moradin sempre abençoe a ti, Oyama Amigo dos Anões.

    Quanto a ti, grande Clérigo, tens minha gratidão por propagar a sabedoria destes Salões em tua nobre morada.

    ResponderExcluir