sábado, 6 de fevereiro de 2010

Registra aqui tua história


Que em nome de Odin, tuas façanhas sejam sempre lembradas com honra e glória e ecoem por todos os nove mundos,das torres douradas de Asgard até as profundezas dos domínios de Hella.

62 comentários:

  1. Registro aqui, em nome de meus companheiros, a história de Astreya Estrela do Alvorecer, que andou o mundo com um mestre élfico das artes arcanas, um bravo monge amigo dos anões, uma meio-orc e um paladino sem medo, fez um balor dançar e encontrou o amor no último rei dos elfos! Rogai por nós, Freya, e protegei-nos na batalha, Odin!

    ResponderExcluir
  2. Por teus feitos e pela sinceridade de teu coração, as bençãos de Odin estarão sempre ao teu lado no campo de batalha

    ResponderExcluir
  3. Oyama Flagelo dos Orcs6 de fevereiro de 2010 14:53

    Existe algo melhor do que ouvir suas aventuras da boca de um grande bardo?
    Sim existe, é encarar adversários que arregalam os olhos apenas por reconhecer aqueles que estão prestes a enfrentar.
    Lenda viva é o que buscamos ser, que as feras do abismo façam fila para buscar as nossas almas e que venham rápido pois sou alérgico a tédio.

    ResponderExcluir
  4. Sábias palavras, ó Flagelo dos Orcs! Teus punhos sempre terão lugar de honra em meus salões, e minha fúria há de esmagar a vontade de todos os teus inimigos.

    ResponderExcluir
  5. Oyama Flagelo dos Orcs7 de fevereiro de 2010 02:04

    Amanhã, ó sim, amanhã será mais um grande dia para nosso grupo.
    Mais uma aventura nos espera, e agora com as bençãos de Kord O Lutador estamos prontos para enfrentar nossos piores inimigos, e escrever aqui nossos feitos.

    ResponderExcluir
  6. Que vossos feitos sejam tão expressivos quanto a quantidade de crânios de orcs que encontraram a aniquilação perante teus punhos. Que a minha benção esteja convosco dentro e fora do campo de bataha.

    ResponderExcluir
  7. Eis que se fez o destino dos jovens! Para a Terra das Brumas devemos rumar! Não temam, companheiros, a luz de Pelor há de brilhar em nossos caminhos! E que Odin nos proteja e inflame na batalha! E Elisa, Simon, Nathan, Kim Tewdric e Zook serão conhecidos como aos grandes heróis! Só não sei o que será de nosso amigo Nabur...

    ResponderExcluir
  8. Oremos pelos nossos queridos Mestres e amigos mortos ontem... Que Pelor os acompanhe.

    ResponderExcluir
  9. Oyama Flagelo dos Orcs8 de fevereiro de 2010 15:29

    O grupo dos novatos agora está diante de um fardo que pode ser pesado demais, sua recente vitória na cidade onde se instala a torre do grande mago Camus foi gloriosa, mas teve um preço muito alto. os poderosos heróis pereceram, e como o misterioso Senhor dos Ventos nos adiantou a jóia que os levará a terra das brumas está perdida no território dos elfos selvagens.

    ResponderExcluir
  10. Krull adora água!

    ResponderExcluir
  11. Registro aqui meu ódio e desprezo pelos Girallons! Criaturas infames e selvagens que não sabem respeitar nem mesmo o "deus" do fogo, Radihr!

    ResponderExcluir
  12. O coração de Odin se enche de pesar ao saber que almas tão jovens devem enfrentar tais colossais provações logo no início de suas carreiras. Todavia, devei-vos lembrar que é nas forjas mais quentes que os anões forjam as armaduras mais poderosas; os jovens e corajosos aventureiros hão de sobrepujar todas as adversidades que o destino lhes impuser e no fim tornar-se-ão grandes heróis, assim como tu, Flagelo dos Orcs e tu, Estrela do Alvorecer. Quanto aos bravos heróis que tombaram gloriosamente em combate, ficai tranqüilos, pois todos já estão em meus salões sentados em cadeiras de honra. E em nome de meu olho perdido e minha lança Gungnir, minha cólera há de se derramar como uma tempestade sobre todos os vossos inimigos! Assim jura Odin, o senhor dos deuses.

    ResponderExcluir
  13. Sejas bem vindo aos salões de Valhalla, Krull, o Bruto, e tu também, Radihr Senhor do Fogo. Que tu, Hadihr, encontres muitos girallons demoníacos e faça-os gritar de terror enquanto são consumidos pelas chamas de tua ira.
    Quanto a ti, Krull, o Asseado, espero ainda ouvir os bardos guerreiros cantarem sobre teus feitos em meus salões.

    ResponderExcluir
  14. Registrarei tais nomes no meu cancioneiro, pois tais aventureiros parecem-me honrados e Astreya Estrela do Alvorecer ficará feliz em pronunciar seus feitos!

    ResponderExcluir
  15. E com grande satisfação ouviremos tais feitos agraciados por tua voz firme e melodiosa em meus salões.

    ResponderExcluir
  16. A destruição dos deuses virá um dia e seu nome é Artanis, feiticeiro épico. Unam-se à Irmandade da Lua Negra e tomem de volta o poder que por direito pertence a vós.

    ResponderExcluir
  17. Tolo! Como ousas conspirar contra os Deuses?! Como ousas ameaçar Odin em seus próprios salões?!

    Tua audácia não conhece limites, feiticeiro, mas podes apostar tua vida miserável que se um dia apareceres diante de mim, impalarei teu cropo nefasto com minha lança Gungnir, e jogarei teus restos aos porcos!

    ResponderExcluir
  18. Outro grande herói: o belo bardo Norris, que conquistou as mais belas ninfas através de seus incríveis feitos, salvando inúmeras vezes seus companheiros da morte certa através de sua música harmoniosa.

    ResponderExcluir
  19. Tu es bem vindo aos meus salões, Norris, O Belo! Que tuas músicas tragam harmonia e glória aos Salões de Valhalla.

    ResponderExcluir
  20. Saudações, nobre Odin. Eu sou Richard, um fiel seguidor do grande Dragão de Platina. Meu grupo, composto por Rurick, um poderoso guerreiro anão, Rudolph “O Magnífico” e por minha amada esposa Nara, uma grande ranger caçadora de demônios, foi capaz de derrotar o dragão azul Grande Ancião Tatsumassa, com a ajuda de meu deus.

    Com isso protegemos nosso reino contra uma grande guerra e agora estamos rumando para o deserto para acabar de uma vez por todas com uma organização maligna chamada "Irmandade dos Horrores". Que a benção do Senhor do Vento do Norte e a Tua estejam conosco.

    ResponderExcluir
  21. Krosk também mata dragão!
    Krosk bárbaro!!
    Krosk também clérigo!!! Por Kord!!!!
    Krosk morreu por ser multiclasse.
    Krosk odeia multiclasse!

    ResponderExcluir
  22. Sábias palavras, grande matador de dragões.

    ResponderExcluir
  23. Tive a oportunidade de lutar junto a Norris (digamos que ele é um pouco exagerado em sua descrição, sim?). Através de terras inóspitas rumamos e minhas habilidades como assassina, que eu neguei por um tempo, foram úteis para fazer o bem! E desde o fim de nossa contenda tenho vivido feliz com meu marido Leon e meus dois filhos...

    ResponderExcluir
  24. Olá, bravos guerreiros! Este salão está deveras cheio de boas e fortes almas! Sou Lenora, e como clériga de Corellon saúdo Odin com respeito e reverência. Peço que extermines de nossas terras, juntamente com nosso pai, os vis Rakshasas, criaturas que trazem dor e sofrimento às pessoas de bem!

    ResponderExcluir
  25. Olá bravo Odin!

    Em nome de nosso grupo, e como barda, peço que não se zangue com Artanis por adentrar seus salões assim. Tudo isto se deve a um coração partido, já que ele nutria sentimentos por Lena, nossa honrada clériga de Pelor, mas esta se casou com um anjo, que ele chamava "carinhosamente" de penoso...

    ResponderExcluir
  26. Blasfêmia!! Nunca senti amor por uma lacaia do deus ensolarado. Tinha apenas dó dela, sendo usurpada por Pelor e ódio, quando defendia seu capataz espiritual. Que vocês possam encontrar a verdadeira luz que exite dentro de seus corações.

    ResponderExcluir
  27. Haha! Interessante teu passado, Artanis; é deveras surpreendente que alguém que em seus delírios febris afirma que há de destruir os deuses tenha se aventurado ao lado de uma clériga. De qualquer forma, serei misericordioso contigo.

    Se tua loucura puder ser curada com os encantos de uma mulher, arrumarei uma bela rapariga para ti, feiticeiro, e ela há de mostrar-te a "verdadeira luz".

    ResponderExcluir
  28. Krosk, Kord, Krull... a evolução dos bárbaros!

    ResponderExcluir
  29. Olá bravo Odin, como meu marido Richard disse, que a tua benção caia sobre nós (porque Bahamut já não vem nos bastando, com o perdão da palavra)...

    ResponderExcluir
  30. Que minha benção recaia sobre todos os de coração nobre, e que os bárbaros continuem sempre a evoluir.

    ResponderExcluir
  31. Ora sua mortal ingrata! Removerei minha bênção e aí verás o verdadeiro poder do inferno do qual tenho vos protegido!

    ResponderExcluir
  32. Ingrata, não. Richard nem é seu sumo-sacerdote e tem que carregar todo o seu culto nas costas. E no fim, se ele morrer por você, sou EU que fico viúva, criando 20 gatos para espantar a solidão. Artanis tem razão, vocês não sabem das nossas necessidades!!! Liberdade aos humanos!!

    ResponderExcluir
  33. Querida Nara, acalme-se. Bahamut está realmente nos ajudando. Não dê ouvidos ao feiticeiro louco da Lua Escarlate.
    Artanis!!! Se eu descobrir que de alguma forma você está influenciando minha esposa com suas crenças doentes, nem os deuses vão me impedir de mandá-lo aos 9 infernos!

    ResponderExcluir
  34. Tolo. Minha Lua é Negra e são sete os infernos, mas não espero que a inteligência seja o forte do seguidor de um lagarto glorificado. Tua esposa apenas está vendo a verdadeira luz. Espero que ouça mais atentamente aos apelos dela em abandonar seu deus.

    ResponderExcluir
  35. Perdão pela cor de sua lua; confundi sua ordem com os seguidores do deus orc cuja ordem se chama Irmandade da Mão Escarlate.
    Porém, me surpreendo por alguém que já fez pactos com Asmodeus (o senhor do NONO inferno)dizer que existem apenas sete infernos. A menos que sua gloriosa ordem tenha libertado a humanidade de dois infernos, acho que deveria estudar um pouco mais. Quanto à verdadeira luz, mesmo depois de ter mergulhado em trevas, você não é capaz de reconhecê-la, pois teme demais tudo aquilo que é maior do que você, e como uma criança mimada, você tenta inutilmente destruir aquilo que o incomoda. És um tolo, Artanis.

    ResponderExcluir
  36. Ah, vejo que não é tão desprovido de intelecto afinal? Ou você teve que ir correndo perguntar ao seu deus para ter certeza quantos infernos são?

    E o único motivo pelo qual os deuses são maiores do que os mortais é por tolos como você permitirem isso, com suas orações. Se quiser ter fé em alguém, tenha fé nos mortais, Richard. Todos sabem no fundo do coração como os deuses nos usurpam.

    ResponderExcluir
  37. Como minha ordem, ao contrário da sua, se dedica mais a combater aquilo que realmente ameaça os mortais do que pregar contra inimigos imaginários, eu sempre soube quantos infernos existem. Apesar da ajuda de alguns deuses, todas as nossas guerras e contratempos foram vencidas por nós, mortais; tenho muita fé em nosso poder como indivíduos e principalmente como grupo, e os deuses também reconhcem esse potencial, do contrário não nos estenderiam a mão tantas vezes. Eles não usurpam nada de nós, seu tolo megalomaníaco; os deuses bons desejam o crescimento daqueles que seguem seus preceitos e de muitos outros que chegam até a renegá-los. Você é quase tão poderoso quanto eu, Artanis, e acho que já passou da hora de você usar seu poder para algo mais construtivo.

    ResponderExcluir
  38. Nara, você se manteve fiel a mim mesmo nos momentos mais aterrorizantes e desprovidos de esperança. Tenha uma pouco mais de paciência e logo será abençoada com um valoroso companheiro animal.

    ResponderExcluir
  39. Sim, Ehlonna, você é uma deusa compassiva e bondosa.

    ResponderExcluir
  40. Eu tenho uma pantera ótima, a Dara.

    ResponderExcluir
  41. Richard e Artanis.
    Antes que continuem com vosso embate, peço que levem tal contenda para o Salão dos Valentes, local mais adequado a disputas desta natureza.

    ResponderExcluir
  42. Sou um paladino antigo, quase sem memória de meus feitos...apenas vagas lembranças.

    ResponderExcluir
  43. Eu lembro do Aldarion! Era meu companheiro e tinha uma namorada, a Fionna, que era ranger. Mas ninguém lembra de mim, eu acho. Uma ladina pirata esquecida...

    ResponderExcluir
  44. O tempo é um mestre cruel...

    ResponderExcluir
  45. Deveras, mas não se desanimem, bravas almas, pois bem me lembro de vós; Jade, tu eras uma pirata valente que lutou com grande bravura por aquele que amava, e cuja prima se aventurou com o famigerado Artanis pouco tempo depois de tua aposentadoria.

    E tu, nobre Anárion, teus feitos são lembrados com louvor e respeito nos salões de Valhalla; ao contrário de um paladino vergonhoso que caiu e se tornou um bardo insandecido (não gosto de lembrar tal episódio), tu es um exemplo a ser seguido por todos os servos dos deuses.

    Odin os saúda, bravos heróis que jamais serão esquecidos!

    ResponderExcluir
  46. Caboclo Sete Encruzilhadas24 de fevereiro de 2010 10:20

    Meu nome é Caboclo Sete Encruzilhadas. Fui parte de um exército malgino, mas um druida me salvou e me mostrou o caminho da natureza. Agora preciso encontrar minhas sete encruzilhadas para me tornar completo e me unir à natureza.

    ResponderExcluir
  47. Mestra que ficou louca24 de fevereiro de 2010 11:42

    Oh, meu Deus, o paladino-bardo!!! Os 50% para comer bolo... o som fantasma de Luigi.. NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÕ!!!!

    ResponderExcluir
  48. Pois dizem que os servos guerreiros do céu
    protegem a ordem e o bem sem temer
    destroem o mal feito papel
    e entregam suas vidas com todo o prazer

    mas isso nem sempre é certo
    pois o mal também tem poder
    se o castigo lhe tira o afeto
    e a justiça se corroer

    pode sim um paladino amado
    ver sua fé se desfazer

    (solo de bandolim)

    existe também o caso, por mais estranho que possa ser
    do paladino tão pouco amado que como bardo tornou a ser
    em seu coração sempre a bondade
    mas lealdade que devia ter
    era um limite muito amargo e muito caro pelo qual viver

    pois então com muita coragem
    belas musicas decidiu fazer
    mas a ira de um deus abandonado
    o pobre bardo não pôde prever

    E assim em sua jornada
    com a arte no lugar da espada
    viu a vingança de seu antigo deus
    tirar-lhe a alegria de ser um dos meus

    ResponderExcluir
  49. Que linda música. Abaixo os deuses

    ResponderExcluir
  50. Pelas minhas barbas! Que bela canção! Tu tens muito talento, bardo, e desejo saber teu nome!

    Antes que me esqueça, mantém tua língua pérfida dentro de tua boca, Artanis, ou irei arraçá-la com minas próprias mãos.

    ResponderExcluir
  51. Ó nobre Odin, me sinto muito feliz e honrado por receber teus elogios e por ser bem vindo em teus salões.

    Pois meu nome Jake Evermore e o nome de meu bandolim é Zeppelin

    ResponderExcluir
  52. Que suas canções e histórias smepre sejam ouvidas nos Salões de Odin, nobre Jake Evermore.

    ResponderExcluir
  53. Caboclo, invejo teu discernimento e compreensão do teu destino! És um escolhido! Quando os portais se abrirem para outras dimensões e os humanos que aqui restarem queimarem no fogo de sua ignorância, tu irás conosco para Shangri-Lá!

    ResponderExcluir
  54. Guardas!

    Para as masmorras com esta demente... Só tolero um místico louco em meus Salões por vez.

    ResponderExcluir
  55. Hunf! Vê-se que teus salões não são para os escolhidos...

    ResponderExcluir
  56. Deveras. Apenas os dignos e escolhidos de Odin são bem vindos nos Salões de Valhalla. tu não possuis nenhuma destas características.

    ResponderExcluir
  57. Ó Odin, espero ser valoroso o suficiente para adentrar seus salões. Embora fiz voto de não usar nenhuma arma além de meus punhos.

    ResponderExcluir
  58. Teus punhos, tua coragem e tua sabedoria o tornam valoroso para entrar com honra em meus Salões.

    Sejas bem vindo, mestre Sturion

    ResponderExcluir
  59. Oh, Odin, por acaso estes salões aceitam aqueles que prezam e protegem a natureza? Tu prezas nossa mãe Gaia tanto quanto prezas a força e a coragem?

    ResponderExcluir
  60. Certamente, sábia druida. Apenas um tolo não prezaria e cuidaria de teu mundo e da natureza que o cerca. Tu e teus semelhantes são extremamente bem vindos em meus salões.

    ResponderExcluir
  61. Sou o Grande Thurxanthraxinzethos, o Meio-Dragão. Os meus bastardinhos irão se espalhar pela terra e derramar o sangue de todos que ficarem em meu caminho.

    ResponderExcluir
  62. Um meio dragão viril...

    Que teu coração seja trespassado por uma lança antes que as donzelas sejam trespassadas por teu ...

    Tu compreendeste o que quero dizer

    ResponderExcluir